Yago e Uendel garantem melhora nos pênaltis: ‘Estamos prontos’

Yago e Uendel garantem melhora nos pênaltis: ‘Estamos prontos’

Por Lucas Mariano

Uendel destacou a importância de treinar pênaltis com o time na fase de mata-mata

Uendel destacou a importância de treinar pênaltis com o time na fase de mata-mata

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O treino de pênaltis passou a receber atenção especial no Corinthians na semana que antecede o duelo contra o Red Bull, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. O time treinou cobranças no fim de todos os treinamentos, na terça, na quarta e, novamente, nesta quinta-feira. Para Yago e Uendel, que concederam entrevista coletiva no CT Joaquim Grava após a atividade desta quinta, o time está preparado.

“A gente sabe que incomoda. Estamos tranquilos porque sabemos que se treinar e trabalhar vai dar certo. Acho que a gente tava treinando pouco e dando pouca ênfase. Mais acendeu a luzinha, o alerta, e agora estamos prontos”, disse Yago.

O incômodo e a ‘luzinha de alerta” que o zagueiro citão fazem referências ao histórico recente da equipe nas cobranças de pênalti. Em seis penalidades máximas da equipe na temporada, apenas duas foram convertidas.

Com a proximidade do primeiro jogo da fase de mata-mata do Timão, a equipe sabe que precisa melhorar seu aproveitamento, já que, em caso de empate contra o Red Bull, o duelo do Campeonato Paulista será decidido nos pênaltis.

“Demos uma ênfase maior. Nessa reta final tem a possibilidade de ir para os pênaltis. Então o Tite tem alertado bastante. Todo dia treinamentos pelo menos três pênaltis cada. Sabemos que pode acontecer tanto no Paulista como na Libertadores. Estamos praticando, vemos que agora os números são bons”, analisou Uendel.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes