Um ano após chacina, Pavilhão Nove convoca protesto na praça da Sé

Um ano após chacina, Pavilhão Nove convoca protesto na praça da Sé

Por Meu Timão

Oito torcedores da Pavilhão 9 foram assassinados na sede da organizada em 2015

Oito torcedores da Pavilhão 9 foram assassinados na sede da organizada em 2015

Foto: Reprodução/Facebook

Nesta segunda-feira, 18 de abril, completa um ano da chacina dentro da quadra da Pavilhão Nove. Na ocasião, os torcedores se preparavam para o clássico contra o Palmeiras, no dia seguinte, e três homens armados entraram dentro do local e executaram oito membros da Pavilhão.

Um ano depois, o episódio segue sem uma resolução e os torcedores e familiares das vítimas brigam por justiça. Para isso, a Pavilhão Nove fez uma convocação geral para uma protesto nesta segunda-feira.

Por meio de divulgações nas redes sociais, a torcida pede para que todos compareçam na Praça da Sé, no Centro de São Paulo, para "juntos protestarmos e homenagearmos nossos oito irmãos que tiveram suas vidas tiradas de forma covarde".

A concentração está marcada a partir das 17h e ainda vai contar com a presença de diversos grupos de rap.

O crime aconteceu no início da madrugada de 18 de abril do ano passado. André, Edilsinho, Fábio, Jhow, Markinho, Mydras, Matheus e Ricardo, como escrito nas faixas e publicações da Pavilhão, foram os membros que perderam a vida naquela noite. Até hoje, apenas dois homens foram acusados do ato - um policial militar e um ex-PM -, mas ainda não forma julgados. Uma audiência para prestar depoimentos está marcada para junho.

Confira a convocação da Pavilhão Nove no Facebook

Veja Mais:

  • Corinthiano Luidy é o novo reforço do Figueirense

    Anunciado por clube da Série B, Luidy agradece Corinthians

    ver detalhes
  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes