Uendel diz que medo ajudou o Corinthians a vencer o Red Bull

Uendel diz que medo ajudou o Corinthians a vencer o Red Bull

Por Meu Timão

Uendel ressaltou importância do medo na partida deste sábado

Uendel ressaltou importância do medo na partida deste sábado

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Apesar do placar elástico de 4 a 0 contra o Red Bull Brasil, o lateral-esquerdo Uendel assumiu que o Corinthians teve medo de enfrentar a equipe de Campinas antes da partida.

O lateral contou que foi justamente esse medo que ajudou a equipe a entrar em campo e mostrar superioridade durante toda a partida.

"Foi um jogo em que a gente se preparou muito. Eu até estava comentando com o Diego Sacoman que a gente fez vitória porque a gente tinha medo. Não é um medo que assusta, é um medo que prepara. A gente viu vídeos deles desde segunda-feira, a gente fez dever de casa para chegar hoje e botar tudo em prática", afirmou.

O Red Bull Brasil tinha feito uma boa campanha na primeira fase, com destaque para o fato de não ter perdido para nenhum dos times grandes - Palmeiras, Santos e São Paulo.

Na Arena Corinthians, porém, a história foi diferente e o Timão garantiu a classificação para a semifinal do Paulistão. O adversário ainda depende do resultado dos outros dois jogos da competição.

Veja Mais:

  • Jogo do Corinthians contra o Grêmio será transmitido para 13 estados do Brasil

    TV Globo exibe Corinthians e Grêmio para 13 estados do Brasil; confira

    ver detalhes
  • Corinthians vem de boa vitória no Brasileirão

    Corinthians pode se isolar na liderança e aumentar distância do G6; veja a classificação

    ver detalhes
  • Corinthians entra em campo neste domingo contra o Grêmio

    Corinthians visita Grêmio neste domingo para se consolidar na briga pelo hepta do Brasileirão

    ver detalhes
  • Gramado da Arena Corinthians está mais suscetível a 'escorregões' por excesso de umidade

    Gramado da Arena Corinthians 'chegou no limite', diz presidente de empresa responsável

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes