Atuação brilhante de Ronaldo sobre o Santos completa sete anos

1.8 mil visualizações 30 comentários

Ronaldo chuta por cobertura e marca seu segundo gol no jogo, o terceiro do Corinthians

Ronaldo chuta por cobertura e marca seu segundo gol no jogo, o terceiro do Corinthians

Daniel Augusto Jr.

O dia 26 de abril de 2009 ficará eternamente guardado na memória da torcida corinthiana. Era mais um jogo difícil pela frente, uma final de estadual, um clássico diante do Santos, na Vila Belmiro. Para Ronaldo, mais uma partida, mais uma decisão em sua carreira. Com atuação surpreendente, o fenômeno fez jus ao apelido e marcou duas vezes naquele dia, sendo o protagonista na vitória por 3 a 1.

Com um início muito parelho, Santos e Corinthians começaram se estudando muito, já que a partida marcava mais uma final estadual e o erro não seria permitido. Mesmo jogando fora de casa, o Timão demonstrou sua superioridade e tomou a iniciativa da partida.

Em falta sofrida por Morais, aos nove minutos de jogo, Chicão pegou a bola e abriu o placar em Santos. O camisa 3 do Timão chutou forte, no canto de Fábio Costa, que ficou nada pôde fazer, 1 a 0. Autor do primeiro gol do jogo, Chicão foi determinante também no segundo tento corinthiano. O zagueiro afastou um ataque santista e a bola parou nos pés de Ronaldo, o atacante precisou de apenas dois toques para, de perna esquerda, chutar rasteiro, entre as pernas de Fábio Costa e fazer o segundo gol do Timão, 2 a 0.

Melhor no início da segunda etapa, o Santos diminuiu aos 15 minutos. Triguinho cruzou, a bola desviou no goleiro Felipe e entrou, 2 a 1. Aos 31 minutos veio o momento histórico da partida, em contra-ataque corinthiano puxado por Elias, o camisa 7 tocou para Ronaldo que, mais uma vez, demonstrou enorme categoria e frieza na hora de decidir. O artilheiro viu Fábio Costa adiantado e chutou por cobertura, sem chances para o goleiro, que ficou se reação, 3 a 1. Após o terceiro gol do Corinthians, o Santos tentou uma pressão, porém sem resultado.

No segundo e decisivo confronto realizado no estádio do Pacaembu, os dois clubes empataram em 1 a 1, resultado que rendeu mais um título do Campeonato Paulista para o Corinthians, o 26º de sua história.

Veja Mais:

  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes
  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    [Mayara Munhoz] Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    ver detalhes
  • Cássio precisou deixar o jogo contra o São Paulo nos minutos finais

    Exames não apontam lesão grave em Cássio, mas goleiro segue como dúvida contra o Always Ready

    ver detalhes
  • Neo Química Arena bateu o recorde de público de 2022 neste domingo; valores arrecadados já ultrapassam o dobro de 2021

    Corinthians dobra bilheteria de toda a temporada 2021 em apenas quatro meses de 2022; veja valores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x