Referência no clube, Cássio reconhece importância do trabalho e vê potencial no Corinthians

Referência no clube, Cássio reconhece importância do trabalho e vê potencial no Corinthians

Por Meu Timão

Cássio quer superar críticas e melhorar rendimento para o Campeonato Brasileiro

Cássio quer superar críticas e melhorar rendimento para o Campeonato Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Fundamental no Corinthians, o goleiro Cássio, aos 29 anos, é o atleta da equipe titular com maior tempo de clube. No Timão desde 2012, o arqueiro assumiu a vaga ao longo da Libertadores daquele ano e não saiu mais. Marcado por ser um dos heróis da conquista da competição continental e do Mundial Interclubes, também na mesma temporada, Cássio lida com críticas neste ano, mas garante sua importância para o Corinthians.

“Nunca vou ser unanimidade no Corinthians, quando cheguei também não era. Nunca vou agradar a todos, mas respeito as opiniões. Procuro fazer meu trabalho, acredito que vem sendo muito bem feito. Em quatro anos, conquistei cinco títulos de grande expressão. Não é querendo me achar, mas meu trabalho está muito bom. As pessoas têm de lembrar disso”, disse o camisa 12, ao GloboEsporte.com.

Com a camisa do Timão, Cássio, além das conquistas internacionais (Recopa Sul-Ameriana, Libertadores e Mundial), também marcou presença no título do Campeonato Paulista em 2013 e no do Campeonato Brasileiro na temporada anterior. O goleiro acertou sua renovação com o clube nesta semana e estendeu seu vínculo até 2019.

Apesar dos títulos e campanha de destaque, o camisa 12 também amarga eliminações pelo Timão, assim como foi neste ano e em 2015, quando a equipe ficou fora das decisões da Libertadores e Campeonato Paulista. Agora, com a chance de novamente estar em outra campanha vitoriosa, o goleiro vê um enorme potencial para o decorrer de 2016 e aposta em um Corinthians brigando pelo segundo título nacional em sequência.

“Acho que o time entra muito forte. Claro que a eliminação na Libertadores nos chateia, mas o futebol é assim mesmo. A equipe está bem focada no Brasileiro, a preparação está boa para começar bem. Começar bem é ganhar já a primeira partida em casa, contra o Grêmio”, completou Cássio.

Próximo de ser vendido do início de 2016, o goleiro não entrou em um acordo com um clube turco e optou por permanecer no Corinthians. Até o momento, Cássio disputou 229 partidas com a camisa do Timão.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes