Auxiliar do Timão vê briga nivelada no Brasileiro e faz 'alerta duplo' para surpresas

Auxiliar do Timão vê briga nivelada no Brasileiro e faz 'alerta duplo' para surpresas

Por Meu Timão

2.3 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Cléber Xavier tem opinião diferente de Tite com relação aos favoritos para o Brasileirão

Cléber Xavier tem opinião diferente de Tite com relação aos favoritos para o Brasileirão

Daniel Augusto Jr.

O Campeonato Brasileiro tem seu início previsto para este fim de semana. O Corinthians estreia no domingo, às 16h, na Arena, contra o Grêmio. E em entrevista à Rádio Grenal, o auxiliar-técnico Cléber Xavier, do Timão, não apontou o clube do Parque São Jorge como favorito. Ao contrário do que Tite e Giovanni Augusto fizeram, contudo, ele declarou não haver equipes à frente na briga pela taça.

"Os três times apontados como os melhores do último Brasileirão passaram por reformulação. Além do Corinthians, você vê o Grêmio que o Roger vai ainda arrumando após a saída de jogadores. O Atlético-MG que teve troca de técnico também e nessa quarta deu para ver que ainda não está com essa bola toda", declarou, se referindo à derrota dos mineiros para o São Paulo nas quartas de final da Libertadores.

Ou seja, na opinião Cléber Xavier, fica difícil apontar um favorito por conta da reformulação que os elencos passaram após a última janela de transferência. No caso do Corinthians, o auxiliar previu nova debandada de jogadores no início do Brasileirão.

Ao analisar possíveis "zebras" para esta edição do Brasileirão, o profissional do Corinthians citou sete clubes, falou um pouco sobre cada um deles, e alertou para a possibilidade de surpresas não apenas na corrida pelo título mas também na luta contra o rebaixamento.

"O América fez um grande Campeonato Mineiro, o Givanildo está lá há três anos. O Santa Cruz chegou forte na Série A pela conquista de dois títulos. A Chapecoense do Guto Ferreira tem feito um grande trabalho, também fez um grande trabalho, foi campeã. Tem equipes que estão se remontando, como o Atlético-PR que acabou de ter a chegada da Paulo Autuori, o Flamengo que tem um grande técnico (Muricy) e grandes jogadores e ainda não achou seu momento, o Palmeiras com o Cuca refazendo... Não vejo nenhuma equipe pronta", analisou.

"O Santos, que é uma equipe que tem hoje grandes jogadores, com mescla de novos e experientes, vai perder esses jogadores importantes na reta inicial do campeonato para a Seleção. Então não vejo nenhum favorito. Pode ter surpresa na conquista e também na queda neste ano", completou, se referindo às convocações de Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira.

Veja Mais:

  • Elenco do Corinthians oscilou muito e chega com "patamares alterados" para 2019

    Do início ao fim: a trajetória do elenco do Corinthians durante o ano e como cada um chega para 2019

    ver detalhes
  • Mantuan será jogador da Ponte Preta em 2019

    Corinthians empresta volante Guilherme Mantuan à Ponte Preta

    ver detalhes
  • Desejado pelo Atlético-MG, Clayson quer ficar e retomar alto nível no Timão em 2019

    Clayson freia saída e faz Atlético-MG analisar outros corinthianos; acordo por Luan é mantido

    ver detalhes
  • Marciel está fora dos planos da comissão técnica do Corinthians para 2019

    Sem aval de Carille, Marciel não retorna ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes