Invicto no Timão, Vilson fala sobre chance de ser titular em momento conturbado

2.5 mil visualizações 37 comentários

Por Meu Timão

Vilson substituirá Balbuena nesta quinta-feira, contra a Ponte Preta

Vilson substituirá Balbuena nesta quinta-feira, contra a Ponte Preta

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Devido à suspensão preventiva de Yago, que está sendo julgado por ter sido flagrado em um exame antidoping, e à ausência de Balbuena, que está a serviço da Seleção Paraguaia, Vilson formará dupla de zaga com Felipe nas próximas partidas. Sem ter perdido com a camisa do Corinthians, o zagueiro comentou a oportunidade de ganhar a titularidade com o time vivendo um momento complicado.

“Venho me preparando para quando a oportunidade chegasse, dar meu melhor. Tite sempre falou isso e mais uma vez chegou para eu mostrar meu potencial para encontramos o caminho da vitória”, reconhecendo que o Timão vive seu pior momento no ano.

“Sem dúvida. Quando não vem o resultado é sempre tenso. A gente vem de alguns jogos sem estar vencer, mas não podemos desesperar. É o começo do Brasileirão, temos de corrigir os erros para as vitórias virem e o ambiente ficar tranquilo e leve como estava antes”, completou, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Apresentado como reforço do Corinthians no começo do ano, Vilson disputou seis jogos com a camisa alvinegra, somando quatro vitórias e dois empates. A última vez que esteve em campo foi no dia 20 de abril, na goleada por 6 a 0 contra o Cobresal, justamente a última vitória da equipe antes da sequência de cinco jogos sem vencer.

Apesar de saber que a pressão aumenta conforme o time não vença, Vilson fez questão de ressaltar que a pressão existe só de vestir a camisa do Timão.

“Só de estar vestindo essa camisa a pressão é muito grande. É só ver as temporadas passadas, o Corinthians vem ganhando tudo, isso qualifica e valoriza todo o grupo. É isso que vejo, uma oportunidade de mostrar meu futebol, junto com todo mundo ajudar. Meu pensamento principal é o Corinthians, voltar a vencer. Depois, automaticamente, a valorização virá”, concluiu.

Veja Mais:

  • Antes da pandemia do novo coronavírus, clube fechou 2019 com déficit de R$ 177 milhões

    Corinthians e outros clube devem ter 'dificuldades de entrar em campo' em 2021, alerta economista

    ver detalhes
  • Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    VÍDEO: Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    ver detalhes
  • Volante Ralf foi apresentado no Avaí nesta sexta-feira

    Ralf se diz marcado na história do Corinthians e cita 'página virada' ao vestir camisa do Avaí

    ver detalhes
  • O que ouvimos sobre o novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: O que ouvimos sobre o novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians interrompeu as atividades do basquete durante pandemia

    Corinthians replaneja quase 50 modalidades devido à pandemia; maioria não deve ser atingida

    ver detalhes
  • Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morreu aos 79 anos vítima de Covid-19

    Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morre vítima do novo coronavírus

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: