Novo titular do Timão, Vilson fala sobre diferenças em relação a Balbuena

Novo titular do Timão, Vilson fala sobre diferenças em relação a Balbuena

Por Meu Timão

Vilson tenta buscar espaço dentro do elenco alvinegro

Vilson tenta buscar espaço dentro do elenco alvinegro

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Novo titular do Corinthians por conta da convocação de Balbuena pela seleção do Paraguai à Copa América, Vilson não vê a substituição na zaga alvinegra como uma mera troca de seis por meia dúzia. Ao ser questionado, em entrevista concedida nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, sobre seu diferencial em relação ao paraguaio, o beque ex-Chapecoense sinalizou ter mais velocidade do que o colega de elenco.

"Sou jogador mais leve, que tenta antecipar jogadas, mostro muita vontade em campo. Cada jogador tem suas qualidades e características. São dois grandes zagueiros, de características diferentes, mas sempre com o objetivo de dar o máximo em campo", analisou.

De fato, Balbuena tem se mostrado "pesado". Não tanto pela lentidão, mas sim por conta do excesso de força na marcação, haja vista que já levou dois cartões em duas rodadas do Brasileirão e, portanto, está pendurado.

Outra diferença considerável entre Vilson e Balbuena é a idade. Enquanto o paraguaio tem 24 anos e pela primeira vez joga numa equipe fora de seu país-natal, o novo titular do Timão tem 28 anos e teve boas passagens por clubes como Vasco, Grêmio e Palmeiras.

"Estou com 28 anos, uma idade boa, tenho maturidade. Já passei por muitas coisas no futebol. Não sou dos mais experientes, mas tenho bom conhecimento para lidar com pressão. Vim para somar, ajudar o grupo. Agora não vai ser diferente. Vou tentar contribuir o máximo que eu posso. Esse é meu pensamento", declarou.

A tendência é Vilson ser titular por no mínimo duas partidas (contra Ponte Preta, na quinta-feira, e Sport, no domingo). Isso porque o julgamento do caso de doping de Yago só deve acontecer na próxima segunda-feira. Se tiver boa atuação em tais partidas, o beque pode ganhar pontos com Tite numa eventual briga pela titularidade definitiva.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes