Tite explica titulares poupados e volta a fazer críticas ao calendário

3.7 mil visualizações 29 comentários

Por Lucas Mariano

Por determinação da comissão técnica, Tite não contou com os titulares no treino desta terça

Por determinação da comissão técnica, Tite não contou com os titulares no treino desta terça

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ao contrário do que costuma fazer antes dos jogos, Tite não comandou o treino tático nesta terça-feira e poupou seus titulares, que apenas fizeram um trabalho na academia. A “novidade”, no entanto, não era a ideia principal do treinador, que teve que adotar a medida para prevenir o desgaste excessivo de seus atletas.

“Eu forcei o departamento médico, o físico, os auxiliares. Queria levar a campo. Falaram que ia tirar o combustível do jogo”, disse o técnico, reforçando que não era possível exigir muito dos jogadores.

“É um desafio, a partir da sequência de jogos. Reitero o que falei depois do último jogo, tivemos duas partidas às 11h seguidas. Estamos em um processo de recuperação importante, médicos e fisiologistas falaram que a recuperação é deficiente, então fica impossível fazer um trabalho tático maior. Optamos por preservar”, completou.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, o técnico voltou a fazer críticas ao calendário. Depois de disputar duas partidas às 11 horas, na última quinta-feira e no domingo, o Corinthians entra em campo nesta quarta e depois volta a jogar no sábado.

“Todos os profissionais que lá (reunião de técnicos na CBF) estiveram se manifestaram reclamando do intervalo menor de 72 horas entre jogos. Foi unânime. É falta de responsabilidade da CBF em não pré-determinar uma grade”, criticou o comandante corinthiano, voltando a fazer alertas e garantindo que continuará se posicionado contra o calendário enquanto mudanças não sejam feitas.

“Um recado: Doutor Ivan, o meu abraço. Não ia dar parada técnica no segundo tempo do jogo contra o Sport. Sabe o que ele falou? ‘Vai parar senão eu vou falar com o delegado’. É aspecto de saúde. Aí quando ele foi para cima do delegado o árbitro parou. Tomara que não dê nenhum outro problema grave porque CBF e as pessoas responsáveis vão estar expostas a isso. Eu e todos os técnicos estamos falando e reiterando, vou continuar falando”, concluiu.

Veja Mais:

  • Cássio no treinamento deste sábado no CT Dr. Joaquim Grava

    Cássio tenta encerrar maior sequência de jogos sendo vazado no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians vem sendo alvo de inúmeros processos trabalhistas; condenação na ação de ex-controller é mais uma dor de cabeça

    Corinthians é condenado em ação de ex-controller de Dualib; advogado pede bloqueio do naming rights

    ver detalhes
  • Mário Gobbi Filho e Paulo Garcia devem se unir para disputar a eleição presidencial contra Duílio Monteiro Alves, Augusto Mello e Ricardo Martitan

    Eleição no Corinthians: coalizão entre Mário Gobbi e Paulo Garcia é encaminhada após reuniões

    ver detalhes
  • Dyego Coelho comandou o treinamento deste sábado no CT Joaquim Grava

    Coelho manda indireta sobre o Corinthians: 'Ser comandante não é ser dono do CT ou do clube'

    ver detalhes
  • Corinthians se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento

    Corinthians fecha rodada a um ponto da zona de rebaixamento; time só ganhou de quem está atrás

    ver detalhes
  • Corinthians tenta compensação do Governo para seguir vendendo a meia-entrada na Arena

    Corinthians tenta acabar com a obrigatoriedade de meia-entrada nos jogos como mandante

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: