Uendel destaca briga pela liderança e projeta clássico contra o Palmeiras

Uendel destaca briga pela liderança e projeta clássico contra o Palmeiras

Por Lucas Mariano

Uendel foi um dos principais jogadores do Corinthians no último jogo

Uendel foi um dos principais jogadores do Corinthians no último jogo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Líder do Campeonato Brasileiro após o fim da sexta rodada, o Corinthians iniciou nesta terça-feira a preparação para o jogo contra o Palmeiras, no próximo domingo. Além de toda a dimensão do clássico, a partida ganha ainda mais destaque por valer a liderança da competição. Destaque do Timão contra o Coritiba, Uendel projetou o duelo e destacou a importância do resultado positivo.

“Palmeiras x Corinthians já é grande, independente da situação na tabela. A gente encara diferente, nossa torcida também, ainda mais valendo a liderança do campeonato. É só a sétima rodada, mas pode dar muita moral. Enceramos como uma final, assim como nos outros jogos, mas pelo peso do clássico”, disse o lateral, aproveitando também para analisar o adversário.

“O Palmeiras vem em uma boa retomada. O treinador que trabalhei no Fluminense, sei da qualidade dele. Tem atacantes rápidos na frente, jogadores de velocidade, tem o Dudu, Roger Guedes, que entrou bem. Meio campo forte. É um time que tem uma mescla boa e está fazendo um bom campeonato. Mas vamos estudar detalhe por detalhe para se preparar bem e fazer um grande jogo”, comentou.

Atualmente, o Corinthians lidera a competição nacional com 13 pontos, a mesma pontuação de Grêmio e Internacional, que estão em segundo e terceiro lugar, respectivamente. Já o Palmeiras ocupa o quarto posto, com 12.

Uendel foi um dos principais jogadores do Timão na última partida. Depois de dar assistência para André empatar o jogo, foi ele quem marcou o gol nos acréscimos do segundo tempo para garantir a vitória de virada. Destacando a garra da equipe, ele disse torcer por uma vitória mais tranquila no domingo.

“Acho que as duas últimas vitórias foram a cara do Corinthians, de acreditar até o final. A gente sente isso, que o torcedor acredita até o final. Aos 49 do segundo tempo, não víamos torcedor chiando. A gente sempre acredita que podemos marcar do primeiro ao ultimo minuto. É característica da equipe, de lutar até o final. Espero que não seja tão sofrido o clássico, mas se tiver que vencer no minuto final, vai ser no minuto final”, concluiu.

Veja Mais:

  • Corinthians foi hexacampeão brasileiro em 2015

    CBF define valores de premiação do Brasileirão-2017; Corinthians leva bolada se for campeão

    ver detalhes
  • Fernandinho tem contrato com o Grêmio até dezembro

    Meia-atacante do Grêmio despista sobre possível interesse do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Gabriel durante jogo contra o Grêmio na Arena Corinthians

    Gabriel rebate críticas contra returno do Corinthians e vê hepta 'encaminhado'

    ver detalhes
  • Pablo deve retornar ao time na próxima segunda-feira

    Pablo tem boa evolução e pode voltar ao Corinthians contra o Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes