Interino agradece diretoria e deixa Timão 'candidato ao título'

Interino agradece diretoria e deixa Timão 'candidato ao título'

Por Meu Timão

Carille comandou Corinthians diante do Botafogo

Carille comandou Corinthians diante do Botafogo

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O auxiliar técnico Fabio Carille encerrou sua passagem pelo comando do Corinthians. Responsável por suprir a ausência imediata de Tite, que deixou o clube rumo à Seleção Brasileira, o profissional retoma os trabalhos como assistente a partir desta segunda-feira, data do "início da era" Cristóvão Borges. Em entrevista após a vitória por 3 a 1 sobre o Botafogo, neste domingo à noite, na Arena, ele fez um agradecimento.

"Antes de responder, eu quero agradecer muito à diretoria do Corinthians, em nome do Roberto (Andrade, presidente), do Edu Ferreira (diretor adjunto), do Alessandro (gerente de futebol), pela confiança. A gente sabe do tamanho da responsabilidade que é o Corinthians. O novo profissional, Cristóvão, começa a trabalhar amanhã. De sexta-feira pra cá foi esse nome", disse Fabio Carille.

Questionado se teria a intenção de sair do Corinthians, Carille admitiu possuir o desejo de se tornar treinador. No entanto, o novo passo na carreira ainda não tem data para ser dado. "Continuo no clube, sou funcionário do Corinthians até... Não sei quando (risos)", acrescentou, em tom bem humorado.

"Parei de jogar em 2007 no Barueri, mas desde 2002 eu comecei a fazer cursos e estágios na área técnica. Com vários profissionais, inclusive o Tite, fazer com que a gente pense em ser treinador. Quero, quero muito, e tudo tem seu momento certo", frisou.

Com gols de Bruno Henrique (dois) e Marquinhos Gabriel, o Corinthians venceu o Botafogo e chegou a 16 pontos ganhos no Brasileirão. A equipe paulista está atrás apenas de Palmeiras e Internacional, ambos com 19 pontos. A estreia de Cristóvão Borges no Timão acontece na próxima quarta-feira, diante do Atlético-MG, às 21h45 (de Brasília), no estádio do Mineirão.

Para Carille, o time alvinegro tem condições de brigar pelo título do campeonato. "Corinthians é muito forte. Perdemos muitos jogadores de dezembro pra cá e a organização continua a mesma. É interessante que esses jogadores passem a jogar cada vez mais juntos. Marquinhos, Guilherme... Na minha opinião, somos candidatos ao título sim", completou.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes