Cristóvão revela conversa particular com Guilherme; meia volta a falar sobre reserva

Cristóvão revela conversa particular com Guilherme; meia volta a falar sobre reserva

Por Meu Timão

Guilherme entrou no segundo tempo da partida

Guilherme entrou no segundo tempo da partida

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Após a vitória contra o América-MG, na noite desta quarta-feira, o meia Guilherme voltou a falar sobre a sua nova condição de reserva. Ele começou a partida no banco e entrou apenas no segundo tempo. De maneira mais amena, o jogador reforçou a sua ideia de não entender a mudança, mas disse não querer causar nenhum tipo de problema no elenco alvinegro.

"Eu simplesmente expus a minha ideia e sigo firme com ela, mas com foco total na equipe para ajudar. Sempre para frente para não causar nenhum conflito", declarou o meia, na saída do gramado em Minas Gerais.

Por conta das reclamações, feitas após o jogo contra o Santa Cruz no último sábado, o treinador Cristóvão Borges realizou uma reunião com todo o elenco durante a semana. A ideia era garantir que todos terão espaço durante o ano. Nesta quarta, em coletiva, o comandante explicou que existe uma hierarquia que precisa ser respeitada, mas garantiu que está tudo bem no elenco do Timão.

"São todos profissionais, adultos e responsáveis pela opinião, pela postura, não tem problema nenhum. Nós conversamos e é assim que eu faço com todos eles. Mas a hierarquia tem que ser respeitada, é assim que tem que ser e é assim que vamos seguir de uma forma harmônica do Corinthians. Não tem nada demais, está tudo certo", declarou.

Cristóvão também revelou que também teve uma conversa particular com Guilherme sobre o assunto e que não houve qualquer repreensão em relação às reclamações.

"Também. Individualmente e com o grupo inteiro. Estou chegando, nem todos me conhecem. Por isso conversei com todos pra eles saberem o que eu penso e o que eu acho", disse.

"Não tem necessidade disso. Repreender é coisa de colégio, não tem necessidade disso. Direto e claro, é assim que tem que ser", completou.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes