Mesmo após série de negativas, Marlone vira alvo de clube gaúcho

Mesmo após série de negativas, Marlone vira alvo de clube gaúcho

Por Meu Timão

Marlone agora é alvo do Grêmio

Marlone agora é alvo do Grêmio

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Sem ser aproveitado pelo técnico Cristóvão Borges, o meia Marlone continua despertando o interesse de outros clubes. O nome da vez é o Grêmio.

O clube gaúcho está atrás de um jogador para fechar seu elenco para o restante da temporada. Marlone é um dos alvos, além do argentino Agustín Allione, do Palmeiras.

"Não temos pressa para contratar, mas estamos atentos ao mercado. São dois jogadores que eu colocaria a avaliação no mesmo nível. Sabemos que não estão sendo aproveitados, e vamos conversar com calma sobre eles. Não fizemos nenhuma proposta ou procuramos os clubes ainda. Estamos analisando", confirmou Alberto Guerra, vice de futebol do Grêmio, ao portal UOL Esporte.

Ainda segundo a publicação, o nome de Marlone foi apresentado por seu empresário e o Grêmio considerou a situação. Com apenas quatro jogos no Campeonato Brasileiro até agora, o meia ainda pode se transferir para outra equipe da Série A.

Desde que começou a não ser aproveitado, já surgiram propostas de Atlético-PR e do Sport (que tentou por quatro vezes levar o meia). A diretoria do Timão, no entanto, não pretende negociar o atleta, que deve ganhar nova chance de Cristóvão Borges em breve.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes