Com cinco representantes na Olimpíada, natação do Corinthians tem filosofia vitoriosa

Com cinco representantes na Olimpíada, natação do Corinthians tem filosofia vitoriosa

Por Meu Timão

Oldano Carvalho, responsável pelo departamento, está no clube desde 2007

Oldano Carvalho, responsável pelo departamento, está no clube desde 2007

Foto: Divulgação/Corinthians

Contando com cinco atletas que irão representar o Brasil na Natação ao longo dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Timão enfrentou diversos desafios na modalidade até chegar ao atual momento. Em meio à cerimônia de abertura programada para esta sexta-feira, às 20h, a expectativa entre os responsáveis diretos pelo esporte é grande.

Diretor de Esportes Aquáticos do clube, Oldano Carvalho relembrou todo o processo de evolução da modalidade dentro do Corinthians. "Eu estou aqui no Departamento de Esportes Aquáticos do Corinthians desde 2007. Desde 2008, o Corinthians veio com esse projeto de ter atletas olímpicos. Eu assumi a direção do departamento no fim de 2010. Hoje, eu sou diretor geral do departamento e, desde o ciclo olímpico passado e neste ciclo olímpico, estive à frente de todo departamento de natação do Corinthians", declarou.

Mediante à prática do novo método de trabalho, os resultados dos atletas corinthianos dentro das piscinas foi extremamente satisfatório, como conta Oldano. Além dos sucessos em torneios preparatórios, os nadadores do Timão, passaram a ser vistos referência na modalidade e, consequentemente, representantes do país no esporte.

"Tivemos vários momentos importantes nesta trajetória. Desde quando começamos em 2007, quando fizemos toda uma reestruturação da equipe. Tivemos grandes momentos de vitória, como em 2013, quando o Corinthians foi campeão do ranking nacional de clubes. Já em 2014, após 48 anos, o Corinthians sagrou-se novamente campeão brasileiro de natação. Também tivemos uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres e foi o melhor resultado da natação brasileira, com Thiago Pereira [na época, atleta do Timão]. Tivemos vários destaques dos nossos nadadores nos Jogos Pan-Americanos. Isso é de muito orgulho para gente, de ter sido campeão em todas as categorias. É o que mais me orgulha do trabalho feito aqui no Parque São Jorge", acrescentou.

Empolgado e confiante para o início da Olímpiada no Rio de Janeiro, o diretor corinthiano evidenciou a qualidade da equipe, festejando o fruto de todo o trabalho realizado nos últimos anos dentro das piscinas localizadas na sede do clube, no Parque São Jorge.

"Este trabalho vem coroar todos esses oito anos de trabalho duro, de trabalho árduo. É uma realização de um projeto que fizemos. Temos cinco atletas e dois treinadores representando o Brasil nos Jogos Olímpicos, motivo de muito orgulho, sendo a maior delegação de atletas que o Corinthians já enviou para uma edição de Olimpíadas", finalizou.

Além dos cinco nadadores na disputa pela medalha de ouro: Leonardo de Deus (200m borboleta e costas), Brandonn Almeida (400m medley e 1500m livre), Felipe França (100m peito), Thiago Simon (200m peito) e Natalia de Luccas (4x100m medley feminino), o Corinthians também será representado pelos treinadores Carlos Matheus e Sérgio Marques, que compõem a comissão brasileira da modalidade.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes