Fagner é punido pelo STJD por entrada em flamenguista

Fagner é punido pelo STJD por entrada em flamenguista

Por Meu Timão

Fagner foi julgado nesta quarta e está fora do jogo contra o Grêmio

Fagner foi julgado nesta quarta e está fora do jogo contra o Grêmio

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O lateral-direito Fagner foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na tarde desta quarta-feira. O jogador, julgado pela entrada que deu no meia Ederson, do Flamengo, no duelo do dia 03 de julho, recebeu a suspensão de uma partida. A informação é do GloboEsporte.com.

A princípio, Fagner seria julgado na quarta-feira passada (03) pelo lance que ocorreu na goleada por 4 a 0 sobre o Flamengo, na Arena Corinthians. Ainda no primeiro tempo, o ala de 27 anos deu um carrinho em Ederson, e o mesmo reclamou do lance pedindo a expulsão do corinthiano. O árbitro Heber Roberto Lopes, responsável pelo embate, sequer marcou falta. O juiz, aliás, também foi julgado e recebeu suspensão de 20 dias.

Como foi incluído no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – praticar jogada violenta –, o lateral poderia ser suspenso entre um e seis jogos do Campeonato Brasileiro. De acordo com os auditores do STJD, o jogador não poderia receber apenas uma advertência por conta da infração ser considerada de grande gravidade.

"Tem muitos lances em que faço a mesma jogada e só pego a bola", se defendeu Fagner, que discordou da versão do Flamengo de que a jogada teria levado Ederson a se contundir. "Tem um contato, mas não é esse contato que ocasiona a lesão do atleta. As coisas acontecem rápido, visei somente a bola, acerto a bola e depois tem contato. Não pensei que poderia acertá-lo, queria acertar a bola. Não foi uma jogada ríspida e não me considero um jogador violento, e sim jogador competitivo", frisou.

O Corinthians deve entrar com efeito suspensivo para ter Fagner no próximo domingo, diante do Grêmio, em Porto Alegre. Por ora, o camisa 23 está suspenso do confronto com o time gaúcho, válido pela 20ª rodada do Brasileirão.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes