Após rompimento com CBF, presidente abre portas do Corinthians para Seleção Brasileira

Após rompimento com CBF, presidente abre portas do Corinthians para Seleção Brasileira

Por Meu Timão

Para Roberto de Andrade, 'é motivo de orgulho cooperar com o ouro'

Para Roberto de Andrade, 'é motivo de orgulho cooperar com o ouro'

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Roberto de Andrade demonstrou enorme insatisfação com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) quando Tite foi convidado para assumir a Seleção sem que o Corinthians fosse informado. Na ocasião, o presidente disse estar “p… da vida” e afirmou que a agremiação estava rompida com a confederação.

Menos de dois meses depois, as portas alvinegras estão escancaradas. Não apenas as da Arena Corinthians, que já estavam prometidas à organização dos Jogos Olímpicos. Também as do CT do Parque Ecológico, onde a Seleção treinou para o confronto das quartas de final.

“Temos que separar as coisas”, disse o dirigente. “Minhas críticas foram naquele momento, relacionadas àquele episódio. Sempre abrimos as portas. É motivo de orgulho cooperar com a Seleção em busca do ouro”, acrescentou.

É com orgulho que o presidente vai ver o confronto entre o time brasileiro e a Colômbia, na noite de sábado, na Arena Corinthians. Se a equipe verde-amarela vencer, na zona leste de São Paulo, estará nas semifinais da Olimpíada.

Veja Mais:

  • Gol de Balbuena abriu o placar nesta quarta-feira

    Balbuena e Pedrinho marcam, Corinthians despacha colombianos e avança na Sul-Americana

    ver detalhes
  • Embalado sob o comando de Carille, Timão alcançou marca obtida há 80 anos

    Corinthians de Carille iguala segunda maior invencibilidade da história alvinegra

    ver detalhes
  • Romero em ação contra o Fluminense, no Maracanã

    Fora contra o Patriotas, Romero vira dúvida para o duelo com o Flamengo na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Guilherme Arana segue no Corinthians

    Clube espanhol faz oferta milionária por Arana e se torna mais um a ouvir 'não' do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes