Uendel aponta erros dos últimos jogos, mas não vê Timão em crise

Uendel aponta erros dos últimos jogos, mas não vê Timão em crise

Por Meu Timão

Uendel é o jogador com maior número de minutos em campo neste ano pelo Timão

Uendel é o jogador com maior número de minutos em campo neste ano pelo Timão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Atleta mais presente na equipe titular do Corinthians na atual temporada, tendo em vista que esteve em campo por 3.061 minutos, o lateral-esquerdo Uendel tem consciência em quais pontos o Timão precisa melhorar. Na visão do jogador, o clube não passa por crise, mas necessita fazer alguns ajustes e mudar a postura em relação a detalhes que estão fazendo a diferença para que a vitória não apareça.

“É difícil falar porque não conseguimos o resultado positivo nos últimos jogos. Cada jogo tem uma história. No Atlético-PR, por exemplo, a gente estava fazendo um bom jogo e deixamos escapar às vezes até uma vitória. Contra o Grêmio vejo bem parecido do que foi contra o Flamengo, ganhamos de 4 a 0, mas se for analisar não foi um jogo para 4 a 0”, disse ao Lance!.

Para o camisa 6 do Corinthians, outro fator que vem afetando diretamente a equipe de são os tropeços jogando como mandante, um diferencial do clube nos últimos anos e que contribuiu para o hexacampeonato brasileiro em 2015. “Acho que em casa é que estamos devendo muito, porque sempre fomos muito fortes, mas deixamos escapar os últimos três resultados aqui. Agora chegou o momento em que não dá mais para perder ponto em casa, precisamos da vitória na Arena”, acrescentou.

Em meio à situação que necessita ser modificada, Uendel reiterou que não basta projetar a mudança, mas também por a mesma em prática através das atuações tanto no período de preparação, quanto nos próprios jogos.

“A gente conversa bastante, acho que todo mundo já passou por isso em outros clubes também. Estamos em um momento difícil, às vezes a gente tenta achar muitos defeitos numa situação como essa, mas talvez a coisa mais certa é ter simplicidade, dar um passo para trás e ser mais simples, tanto dentro de campo como fora. Não precisa chegar aqui e querer revolucionar, achar que está tudo errado porque os resultados não vieram, mudar nosso estilo de treino e no jogo”, completou.

Somando 34 pontos, a equipe comandada pelo técnico Cristóvão Borges ocupa o sexto lugar na classificação. Sem vencer há três jogos e precisando somar pontos para voltar a brigar pela ponta da tabela, o Corinthians recebe o Vitória nesta segunda-feira, às 20h, na Arena Corinthians, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthiano Luidy é o novo reforço do Figueirense

    Anunciado por clube da Série B, Luidy agradece Corinthians

    ver detalhes
  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes