Léo Jabá perde pênalti, e Timão sai atrás nas semifinais do Brasileiro Sub-20

Léo Jabá perde pênalti, e Timão sai atrás nas semifinais do Brasileiro Sub-20

Timão perdeu para o Internacional na primeira partida das semifinais do Brasileiro Sub-20

Timão perdeu para o Internacional na primeira partida das semifinais do Brasileiro Sub-20

Foto: Reprodução/TV

O Corinthians não conseguiu conquistar um resultado positivo contra o Internacional. Nesta quinta-feira à noite, o Timão foi ao estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), e perdeu pelo placar de 1 a 0, pelo duelo de ida das semifinais do Brasileiro Sub-20. O confronto de volta está marcado para a próxima quarta (31), às 19h15 (de Brasília), na Arena Barueri (SP).

Sob o comando do técnico Osmar Loss, o Corinthians foi a campo com: Filipe; Mantuan, Thiago, Del'Amore e Carlo; Warian e Dawhan; Léo Jabá, Rodrigo e Fabricio Oya; Lauder. Já o Internacional, treinado por Ricardo Colbachini, tinha a seguinte escalação: Keiller; Junio, Ortiz, Fabio Alemão e Iago; Charles, Ronald, Oliveira e Juan; Gustavo Ramos e Mossoró.

UM PÊNALTI PARA CADA LADO

Embora atuasse fora de casa, o Corinthians tomou a iniciativa nos primeiros minutos de partida e mostrou por que havia garantido a melhor campanha da segunda fase do Brasileiro Sub-20. Com Rodrigo e Fabricio Oya na armação, a equipe paulista colocava a bola no chão e procurava espaços na defesa gaúcha.

Aos 13min, Léo Jabá recebeu passe na entrada da área e tocou para o meia Rodrigo. O camisa 10 se desvencilhou da marcação individual e bateu cruzado, obrigando o goleiro Keiller a espalmar para escanteio. Os donos da casa suportaram o controle de jogo alvinegro e, em erro individual do Timão, abriram o placar.

Ao tentar um carrinho dentro da área, o lateral-direito Guilherme Mantuan cometeu pênalti no atacante Mossoró. O zagueiro e capitão Ortiz foi para a cobrança e bateu no canto direito de Filipe, que não conseguiu a defesa. O tento inflamou os ânimos do time gaúcho, obrigando o Corinthians a puxar o freio de mão e se fechar no campo de defesa.

Coube a Léo Jabá, principal nome do esquadrão corinthiano, chamar a responsabilidade. Aos 38min, o atacante bateu forte de fora da área e assustou os mandantes. Pouco tempo depois, chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Lauder. O goleiro Keiller, bem posicionado, deu um soco na bola e cedeu o rebote para Rodrigo, que bateu para fora e desperdiçou grande oportunidade.

Antes do fim da primeira etapa, a equipe de Osmar Loss teve a chance de igualar o marcador: Léo Jabá, novamente, se mandou em direção à meta rival e foi derrubado pelo defensor do Internacional dentro da área. Ele mesmo foi para o arremate, mas parou nas mãos do arqueiro Keiller, nome dos primeiros 45 minutos.

SEGUNDO TEMPO SONOLENTO

Corinthians e Internacional voltaram do intervalo com outra postura. A equipe da casa passou a controlar o confronto no Sul, enquanto os alvinegros davam sinais de que encontrariam sérias dificuldades para chegar ao gol de empate. Os 15 minutos iniciais foram sonolentos embora a equipe paulista necessitasse impor seu futebol.

Dois minutos depois, Fabricio Oya cobrou escanteio e levou perigo à meta do donos da casa, mas foi só. Aos 27min, Osmar Loss promoveu duas alterações: sacou Oya e Lauder, e promoveu as entradas de Carlinhos e Pedrinho, que retornava de contusão. As substituições demoraram a surtir efeito, e o Timão pecou inúmeras vezes ao se desfazer da posse de bola.

Já nos acréscimos, o principal lance do segundo tempo: o volante Warian cometeu falta dura a fim de evitar o contra-ataque dos gaúchos, que se lançavam ao gol de Filipe. Apesar de possuir um cartão amarelo, o jogador recebeu o vermelho direto e deixou o gramado.

O período complementar terminou como começou: sem chances criadas dos dois lados. Com a derrota por 1 a 0 em Porto Alegre, o Corinthians terá de vencer sem sofrer gols em Barueri para avançar à decisão. Se for vazado, precisará derrotar o Internacional por dois gols de diferença, já que existe a regra do gol fora de casa.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes