Cobrado até pelo filho, Cristian fala sobre pressão da torcida

Cobrado até pelo filho, Cristian fala sobre pressão da torcida

Por Meu Timão

Cristian, em ação no treinamento desta segunda-feira

Cristian, em ação no treinamento desta segunda-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A atuação ruim do Corinthians na derrota para a Ponte Preta por 2 a 0 levantou críticas pesadas de torcedores ao elenco, à diretoria e ao técnico Cristóvão Borges. O volante Cristian, um dos mais experientes do plantel atual, tratou o assunto com naturalidade em entrevista coletiva nesta segunda-feira, mas revelou ter sido cobrado até pelo filho.

“Faz parte, quem não está acostumado não pode jogar aqui. A pressão é muito grande no Corinthians, em qualquer colocação. A gente recebe pressão. Eu tenho pressão do meu filho, esse jogo contra a Ponte ele me cobrou e tem razão. Imagina as outras pessoas. Temos de ter cabeça boa. Se a gente jogar bem, a torcida vem junto”, afirmou.

Contra a Ponte Preta, Cristian fez sua primeira partida como titular após deixar o departamento médico, onde se recuperava de lesão muscular na coxa esquerda. Entretanto, o substituto de Bruno Henrique, anunciado pelo Palermo pela manhã, teve desempenho discreto.

O futebol aquém do esperado, aliás, já é refletido nos números. Além de possuir o sétimo melhor ataque (21 gols pró), o Timão comandado por Cristóvão Borges deixou de ser dono da melhor defesa do Campeonato Brasileiro – é apenas o quarto (21 gols sofridos), atrás de Santos, Fluminense e Atlético-PR (todos com 20). Nada que tire o sono de Cristian.

“Com Cristóvão, quando ele chegou, fizemos alguns bons jogos, era difícil tomar gol, e a defesa sempre estava bem postada. Todo mundo tem de voltar a jogar bem, ter a dedicação como sempre teve. Todo mundo vai sair ganhando. Cristóvão vai ter um pouquinho de paz e tranquilidade para trabalhar. Tem de partir da gente esse gesto de mudar”, destacou o camisa 16.

“A formação, independente da forma que o Cristóvão sugerir, temos de nos adaptar. Não estamos fazendo bons jogos. Se a gente voltar a jogar bem, muda tudo isso. São jogos que deixamos de pontuar, não jogamos bem. Temos de melhorar muito”, finalizou.

Nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, o Corinthians iniciou preparação para sua estreia na Copa do Brasil, frente ao Fluminense, quarta, às 21h45 (de Brasília), no estádio Edson Passos. Cinco jogadores desfalcaram a atividade técnica comandada por Cristóvão Borges.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes