Cobrado até pelo filho, Cristian fala sobre pressão da torcida

Cobrado até pelo filho, Cristian fala sobre pressão da torcida

Por Meu Timão

4.2 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Cristian, em ação no treinamento desta segunda-feira

Cristian, em ação no treinamento desta segunda-feira

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A atuação ruim do Corinthians na derrota para a Ponte Preta por 2 a 0 levantou críticas pesadas de torcedores ao elenco, à diretoria e ao técnico Cristóvão Borges. O volante Cristian, um dos mais experientes do plantel atual, tratou o assunto com naturalidade em entrevista coletiva nesta segunda-feira, mas revelou ter sido cobrado até pelo filho.

“Faz parte, quem não está acostumado não pode jogar aqui. A pressão é muito grande no Corinthians, em qualquer colocação. A gente recebe pressão. Eu tenho pressão do meu filho, esse jogo contra a Ponte ele me cobrou e tem razão. Imagina as outras pessoas. Temos de ter cabeça boa. Se a gente jogar bem, a torcida vem junto”, afirmou.

Contra a Ponte Preta, Cristian fez sua primeira partida como titular após deixar o departamento médico, onde se recuperava de lesão muscular na coxa esquerda. Entretanto, o substituto de Bruno Henrique, anunciado pelo Palermo pela manhã, teve desempenho discreto.

O futebol aquém do esperado, aliás, já é refletido nos números. Além de possuir o sétimo melhor ataque (21 gols pró), o Timão comandado por Cristóvão Borges deixou de ser dono da melhor defesa do Campeonato Brasileiro – é apenas o quarto (21 gols sofridos), atrás de Santos, Fluminense e Atlético-PR (todos com 20). Nada que tire o sono de Cristian.

“Com Cristóvão, quando ele chegou, fizemos alguns bons jogos, era difícil tomar gol, e a defesa sempre estava bem postada. Todo mundo tem de voltar a jogar bem, ter a dedicação como sempre teve. Todo mundo vai sair ganhando. Cristóvão vai ter um pouquinho de paz e tranquilidade para trabalhar. Tem de partir da gente esse gesto de mudar”, destacou o camisa 16.

“A formação, independente da forma que o Cristóvão sugerir, temos de nos adaptar. Não estamos fazendo bons jogos. Se a gente voltar a jogar bem, muda tudo isso. São jogos que deixamos de pontuar, não jogamos bem. Temos de melhorar muito”, finalizou.

Nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, o Corinthians iniciou preparação para sua estreia na Copa do Brasil, frente ao Fluminense, quarta, às 21h45 (de Brasília), no estádio Edson Passos. Cinco jogadores desfalcaram a atividade técnica comandada por Cristóvão Borges.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Pepe rescindiu o contrato na Turquia e está livre no mercado

    Zagueiro Pepe rescinde contrato na Turquia e Fiel faz 'campanha' por negócio com o Corinthians

    ver detalhes
  • Denilson alertou para a necessidade de reforçar plantel de Carille para 2019

    Pentacampeão do mundo fala de aumento da responsabilidade de Carille e alerta: 'Não adianta só ele'

    ver detalhes
  • Corinthians tem compromisso importante ainda em 2018 para tentar classificação na Superliga

    Duelo pela Superliga e amistoso de futebol americano marcam últimos compromissos do Timão no ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes