Corinthians treina e antecipa concentração para clássico; Uendel deve jogar

Corinthians treina e antecipa concentração para clássico; Uendel deve jogar

Comissão técnica antecipou concentração para o Dérbi

Comissão técnica antecipou concentração para o Dérbi

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Depois do empate contra o Coritiba, na noite desta quarta-feira, o Corinthians voltou a treinar na tarde desta quinta. Na reapresentação no CT Joaquim Grava, apenas os jogadores reservas treinaram no gramado. Os titulares realizaram treino regenerativo.

Além do volante Marciel, que foi a novidade durante a atividade, outro assunto chamou a atenção nesta tarde: a comissão técnica antecipou a concentração dos atletas para o clássico contra o Palmeiras.

Todos os jogadores já ficam hospedados no CT Joaquim Grava desde esta quinta-feira. A equipe treina na sexta-feira, pela manhã, e a partida acontece no sábado, às 16h.

"Estou aqui hoje para bater um papo e mostrar que não tem nada desse momento drástico que estão colocando. São dois jogos sem vencer, mas estamos muito preparados para o resto do campeonato, principalmente para o jogo de sábado. O time já se concentra hoje (quinta-feira)", explicou o diretor adjunto de futebol do clube, Eduardo Ferreira, em coletiva de imprensa.

Atualização no DM - Durante a atividade, o médico Julio Stancati atualizou o quadro do lateral Uendel. O jogador deixou o jogo antes do dez minutos iniciais com dores na coxa direita. Segundo o médico, foi apenas uma precaução e ele deve ser opção para Cristóvão Borges no sábado, contra o Palmeiras.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes