Corinthians é punido pelo STJD por conflitos em Dérbi

Corinthians é punido pelo STJD por conflitos em Dérbi

Por Meu Timão

Confusão generalizada resultou em punição ao Corinthians

Confusão generalizada resultou em punição ao Corinthians

Foto: Vinícius Souza/Meu Timão

O Corinthians foi multado em R$ 15 mil pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelos conflitos entre torcedores do clube e policiais militares no clássico contra o Palmeiras, no último dia 17, na Arena em Itaquera, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Segundo o órgão, o Timão havia sido denunciado no artigo 191, inciso III (por descumprir o Regulamento Geral das Competições ao permitir a entrada de sinalizadores); no artigo 213, inciso I (pelas desordens ocorridas no estádio) e inciso III (pelo lançamento de objetos); no artigo 211 (por não manter as condições de segurança adequadas).

O julgamento ocorreu na última sexta-feira. Em nota, o STJD relatou o caso da seguinte forma: “Proibida de entrar no estádio a organizada Gaviões da Fiel ergueu uma faixa desafiando determinação do Ministério Público e da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Em ação da Polícia Militar para retirar a faixa, torcedores partiram para o confronto nas arquibancadas da Arena. Através de vídeos veiculados, a Procuradoria identificou ainda arremesso de diversos objetos no campo de jogo e contra os policiais.”

As penas previstas eram de: multa de até R$ 100 mil no artigo 191; multa de até R$ 100 mil em cada inciso do artigo 213, podendo ainda ser punido com perda de até dez mandos de campo pela desordem; multa de até R$ 100 mil no artigo 211, além do pedido de interdição parcial da Arena no setor Norte até que o processo fosse julgado em uma As penas previstas são de multa de até R$ 100 mil no artigo 191; multa de até R$ 100 mil em cada inciso do artigo 213, podendo ainda ser punido com perda de até dez mandos de campo pela desordem; multa de até R$ 100 mil no artigo 211, além do pedido de interdição parcial da Arena no setor Norte até que o processo fosse julgado em uma das Comissões Disciplinares do STJD.

Outras sentenças – O Palmeiras foi multado em R$ 4 mil pelo atraso de quatro minutos; o árbitro Heber Roberto Lopes, indiciado por abuso de autoridade, foi absolvido; o lateral-direito Léo Príncipe, do Corinthians, que recebeu dois cartões amarelos e acabou expulso, levou uma advertência.

Os episódios

Duas confusões entre torcedores alvinegros e a Polícia Militar marcaram a derrota da equipe da casa por 2 a 0 para o Palmeiras. No fim do primeiro tempo, a fim de tirar uma faixa estendida pela uniformizada Gaviões da Fiel, policiais entraram em choque com corinthianos na arquibancada Norte. Ao menos uma placa de vidro foi danificada.

Posteriormente, já no término do Dérbi, torcedores do Timão tentaram invadir o setor Oeste da Arena para protestar contra a diretoria e acabaram barrados pela PM, que utilizou cassetetes para apartar o movimento. Além disso, consta na súmula o uso de sinalizadores durante a execução do hino nacional.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes