Negociação de dois jogadores foi determinante para demissão no Corinthians, revela Cristóvão

129 mil visualizações 86 comentários

Por Meu Timão

Cristóvão Borges foi demitido do Corinthians após três meses de serviços prestados

Cristóvão Borges foi demitido do Corinthians após três meses de serviços prestados

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Cristóvão Borges, demitido do Corinthians no mês passado, revelou qual foi o momento-chave no qual seu trabalho passou a degringolar no clube do Parque São Jorge. Em entrevista concedida no programa Bola da Vez, da Espn, e publicada na noite desta terça-feira, o treinador apontou a venda dos volantes Elias e Bruno Henrique como fator determinante para a queda de rendimento do Timão e, consequentemente, sua demissão.

"Não teve problema (com a diretoria). Eu sei porque o trabalho foi interrompido. Imagina, você está montando um time e saem jogadores. Futebol tem que ter time. Quando eu consegui encontrar consistência no time, perdi Elias e Bruno Henrique. Esses jogadores, além do Rodriguinho, que hoje é o melhor do time, são os que me davam consistência. Perder tais peças me fizeram atrasar. E, se me atrasei, preciso de tempo", declarou.

E engana-se quem pensa que Cristóvão ficou chateado com a diretoria por não ter segurado os jogadores ou com os próprios atletas. Na opinião do treinador, o problema está na forma como o "negócio" futebol é tratado atualmente, onde o elenco de um clube é fatiado entre empresários, grupos de investimentos, diferentes agremiações, etc. Tal sistema favorece negociações no decorrer de uma temporada, conforme explicado pelo comandante.

"Eu tenho certeza que, não tendo acontecido isso (venda de Elias e Bruno Henrique), o trabalho não teria sido interrompido. O Corinthians e outros clubes, em momento de dificuldade, fazem parcerias com fundos de investimento para contratar jogadores. E aí o clube tem apenas 20% de um jogador, mas o investidor e o jogador querem ser negociados. E é isso que acontece. Nem eu nem o presidente queríamos que saíssem jogadores. Todos os que saíram saíram nessas condições", argumentou, dando a entender que o Timão ficou de mãos atadas diante das propostas de Palermo e Sporting por Bruno Henrique e Elias.

A partir do desmanche sofrido pelo Corinthians nas mãos de Cristóvão, a equipe foi acumulando maus resultados. Primeiro se afastou da liderança do Brasileirão e, depois, viu ameaçada sua permanência na zona de classificação à Libertadores. Neste cenário, o treinador viu o Timão ser derrotado pelo arquirrival em Itaquera. Como consequência, foi demitido. A saída do técnico, no entanto, na visão do próprio Cristóvão, foi "sacramentada" lá atrás, no momento em que suas principais peças foram negociadas.

"Eu não tinha a informação (que seria demitido se perdesse o Dérbi), mas, por experiência vivida, quando perdi esse dois jogadores, sabia que meu trabalho ali passaria a ser muito difícil. Ali eu precisaria de tempo, e futebol não é o lugar que dão tempo. Aconteceu durante a semana uma entrevista do Eduardo falando que meu trabalho seria avaliado no fim do ano. E ele falou a verdade. Quando ele deu a entrevista, era verdade. Mas o ambiente estava muito pesado, muita pressão. Vira um caldeirão", afirmou Cristóvão.

Veja Mais:

  • Fabinho, último da esquerda para a direita, fez a jogada que resultou no gol de Tupãzinho

    Campeão em 90 vibra com nova camisa do Corinthians e lembra: 'Foi na base de muita raça'

    ver detalhes
  • Suposta nova camisa do Corinthians viralizou nas redes sociais

    Suposta imagem da nova camisa do Corinthians vaza na internet; Fiel questiona homenagem

    ver detalhes
  • Bruno Bertucci e Lulinha atuaram juntos no profissional do Corinthians

    'Famosa geração Lulinha': ex-Corinthians lembra 'Timãozinho 90' e faz comparação com Dentinho

    ver detalhes
  • Modernizar o futebol não é questão de gosto, é de sobrevivência

    [Danilo Augusto] Modernizar o futebol não é questão de gosto, é de sobrevivência

    ver detalhes
  • Elenco passou por primeiro trabalho posicional após retorno

    Corinthians faz primeiro trabalho posicional após retorno dos treinos; veja fotos

    ver detalhes
  • Cuidado, Corinthians! A 'MP do Flamengo' pode ser um grande erro pra você

    [Rodrigo Vessoni] Cuidado, Corinthians! A 'MP do Flamengo' pode ser um grande erro pra você

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Bruno

    Bruno 23 comentários

    por @ternoval

    Assisti ao programa ontem e concordei com a declaração. Após tanto tempo criticando o B. Henrique, na época eu já tinha dado o braço a torcer com a importância dele no time e fora que ele estava numa ótima fase, podendo evoluir ainda mais no restante do campeonato.

    Sobre o Elias, não acho que ele estava sendo este "pilar" todo, pois esteve fora na seleção ou por lesão por muito tempo e o time se virava bem.
    O fato é que a melhor fase do Cristóvão foi com os 2 no elenco, onde chegamos até liderar o campeonato (mesmo que por uma rodada rsrs).

    Mas não podemos esquecer das lambanças dele também...este segundo desmanche ajudou a complicar a vida do Cristóvão no time, mas ele próprio também teve grande contribuição em sua demissão.

  • Foto do perfil de Kleysson

    Ranking: 135º

    Kleysson 5019 comentários

    por @kleysson.s

    Cristóvão não é um grande treinador. E o time é simplesmente ridículo.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Fernando

    Ranking: 923º

    Fernando 1340 comentários

    86º. por @fernando.hirose

    O Cristóvão saiu por incompetência; estava 1 a 1 contra o Coritiba, O Corinthians jogava com um jogador a mais e não mexeu no time. Contra o Santos foi todo errado, mexeu errado e o time tomou a virada.

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Ivo

    Ranking: 1075º

    Ivo 1178 comentários

    85º. por @ivo.shodji.tamada

    Tempo? Como assim tempo? Tempo pra fazer as mesmas coisas? Diz ter uma filosofia e mostrar em atitudes o contrário? Fechar o treino e repetir sempre as mesmas coisas? Não montar esquema tático e queimar jogadores? Como assim? Você não teve consistência nem com atitudes e nem com discurso...

  • Foto do perfil de Marcos

    Ranking: 1869º

    Marcos 756 comentários

    84º. por @marcos.mendes.freita

    Com essa anta treinando, você pode pô-lo no barcelona, real Madrid e bayern munich que ele não saberá treinar nada, esse Cristóvão é um palhaço

  • Foto do perfil de Osvaldo

    Ranking: 33º

    Osvaldo 15592 comentários

    83º. por @osvaldoneto

    Quero ver qual vai ser o treinador para o ano que vem.

  • Foto do perfil de Eliel

    Ranking: 1464º

    Eliel 914 comentários

    82º. por @eliel.jhony

    A única coisa que eu posso dizer é que um time que começou o ano ruim conseguiu ficar pior ainda, 2016 jogado fora por planejamento completamente errado dessa diretoria burra

  • Foto do perfil de Milena

    Ranking: 250ª

    Milena 170 comentários

    81º. por @milena.navarro

    Cristóvão falou tudo. Gosto que ele não sai por aí xingando todo o mundo. Homem educado e compreensivo. Há um contexto que não permite que as coisas se deem de otra forma, e a torcida, que é imediatista e não tem condições intelectuais e emocionais para entender processos, parte pra pressão e pra "inguinorância". Pura histeria, têm que encontrar um culpado pelos fracassos, só que não há um culpado, e sim um conjunto de fatores determinantes. O primeiro dele, o detonador, foi o Tite não ter cumprido seu contrato com o clube. Por que não culpam o Tite? Resultado: ruim com Cristóvão, pior sem ele. Toda a estrutura se fragilizou ainda mais. Não desprezo o Carille, mas não acho que estamos melhor agora. Antes tínhamos os dois trabalhando juntos, agora temos só um. Nenhum outro treinador arrumaria a casa em tão pouco tempo. Aprendam isso de uma vez por todas: não se muda treinador com quase dois terços de um campeonato já cumprido. A mudança tinha que ser feita só no final do campeonato.

  • Foto do perfil de Javier

    Ranking: 81º

    Javier 7148 comentários

    80º. por @javier.rojas

    São pra lá você já passou e nunca mais voltara

  • Foto do perfil de Luiz

    Ranking: 238º

    Luiz 3531 comentários

    79º. por @luizeduul

    Enquanto essa diretoria imunda não sair do poder, estamos fudidos