Cássio faz primeiro treino com bola, e Walter pode voltar à reserva

Cássio faz primeiro treino com bola, e Walter pode voltar à reserva

Cássio voltou aos treinamentos no Corinthians

Cássio voltou aos treinamentos no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Fora dos últimos quatro jogos do Corinthians, o goleiro Cássio realizou uma leve atividade com bola durante o treinamento desta quinta-feira à tarde, no CT Joaquim Grava. O jogador trabalhou ao lado do preparador de arqueiros, Mauri Lima, por cerca de 50 minutos.

Cássio não atua desde 21 de setembro, quando o Timão derrotou o Fluminense por 1 a 0 e garantiu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Nos minutos finais do confronto em Itaquera, o camisa 12 sofreu uma pancada no ombro esquerdo, mas permaneceu em campo até o apito final.

No domingo posterior, data de novo embate contra o Fluminense, o goleiro foi relacionado normalmente e chegou até a ser escalado pelo técnico Fábio Carille. No entanto, a cinco minutos de subir para o gramado, sentiu novas dores na região e acabou vetado pelo departamento médico. Walter, seu principal concorrente, foi utilizado e se destacou, embora o time paulista acabara derrotado pelo placar mínimo.

A expectativa é de que Cássio seja opção já para a partida diante do Santa Cruz, na próxima quarta-feira (12), às 21h45 (de Brasília), na Arena Pantanal. O atleta deve iniciar a transição entre os departamentos médico e físico na sexta, e voltará à meta alvinegra assim que estiver em plena forma.

“Acho que, dentro de um trabalho, você tem que te uma linha. Eu conversei muito com o grupo, com os jogadores inclusive, com o Cássio, pedi melhora pra ele. Ele fez um jogo muito seguro (contra o Fluminense pela Copa do Brasil). Na minha opinião, o atleta não pode sair da equipe por esses motivos (por lesão)”, explicou Carille em entrevista recente.

“Se a gente perceber que o Walter está melhor e passando confiança, passa o Walter. Não pode o jogador sair por cartão e não voltar, e não pode sair o jogador machucado e ele não voltar. Isso é falta de coerência e o grupo passa a não entender. Quando o Cássio estiver bem, ele volta e é feita uma avaliação. Se o Walter estiver melhor, terá os mesmos benefícios que o Cássio está tendo”, completou o treinador.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes