Marcelinho revela intimão de Vampeta após pênalti perdido: 'Olha a m... que ele fez'

6.7 mil visualizações 72 comentários

Por Meu Timão

Marcelinho contou os bastidores do pênalti perdido na Libertadores de 2000

Marcelinho contou os bastidores do pênalti perdido na Libertadores de 2000

Reprodução / Youtube

Ídolo da Fiel e multicampeão com a camisa do Corinthians, Marcelinho Carioca realizou grandes atuações e fez gols históricos pelo clube, porém convive com uma mancha em sua passagem. O ex-jogador comentou os bastidores do pênalti perdido diante do arquirrival Palmeiras nas semifinais da Libertadores de 2000, que tirou a equipe da competição, revelou ter recebido um ‘intimão’ de Vampeta após o lance.

O “Pé de anjo”, como é conhecido pela torcida alvinegra, comentou a participação decisiva do então preparador de goleiros do rival paulista, Carlos Pracidelli, no erro da penalidade máxima que valia a vaga na final do torneio continental para o Corinthians.

Tava confiante que ia fazer. Você vê que o Marcos adiantou um pouquinho, mas é mérito dele. O difícil não é bater o pênalti, é você sair do meio (de campo) até a cobrança pensando em bater no meio ou trocar (de lado). Quando você está nesse momento, que é crucial, não tem a visão geográfica, é periférica. O Marcão foi tão inteligente. Não sei se era o Pracedelli o preparador de goleiro dele, mas tinha um cara atrás do gol falando: “não pula, não pula, que ele vai rolar no meio”. Cara, eu escutei isso. Pensei em rolar, aí falei: “não, vou no meu canto que tenho firmeza”. Quando eu bato, tô vendo um bracinho (tirando a bola)”, relatou o ex-meio-campista em entrevista ao programa Desimpedidos da Fox, do canal à cabo Fox Sports.

Em seguida, em meio ao desapontamento de ter tirado o Timão da competição sul-americana, o ex-boleiro contou a reação que recebeu dos jogadores do Corinthians após o fatídico lance. Segundo Marcelinho, o então companheiro de equipe Dinei tentou consolá-lo, enquanto Vampeta intimidou a sua atuação.

“Eu voltou cabisbaixo e vem o Dinei: “não, você é o nosso ídolo. Fica tranquilo”. O Vampeta vem gritando “ídolo p…a, nenhuma. Olha a merda que ele fez”, relembrou Marcelinho.

Atualmente, o Corinthians não vive uma boa fase em bolas paradas. Durante a temporada 2016, o Timão carrega a marca de oito penalidades perdidas das 13 marcadas a favor do campeão nacional vigente. A última delas foi realizada na derrota por 2 a 0 contra o Botafogo, no dia 1º de outubro, pelo Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Luidy ficou sob contrato com o Corinthians entre janeiro de 2017 e dezembro de 2020; atacante nunca jogou

    Corinthians é condenado pela Justiça a indenizar Luidy, que nunca entrou em campo; veja detalhes

    ver detalhes
  • Lucas Piton e Giovani durante o treino do Corinthians nesta terça-feira

    Corinthians se reapresenta após empate contra o Internacional e inicia semana livre de treinos

    ver detalhes
  • Ao Meu Timão, Pedro Nunes falou sobre sua carreira como jogador de basquete

    Pedro Nunes conta detalhes de sua carreira e projeta nova temporada do Corinthians no NBB

    ver detalhes
  • Corinthians vai enfrentar o Fortaleza com casa cheia no sábado à tarde

    Corinthians conhece datas e horários dos jogos do Brasileiro até a rodada 34 do torneio

    ver detalhes
  • Renato Augusto "estreou" na função com Sylvinho no segundo tempo da partida

    Renato Augusto é o 12º jogador usado como centroavante pelo Corinthians em um ano e meio

    ver detalhes
  • Sub-17 e Sub-15 do Corinthians iniciam segunda fase do Paulistão 2021 no sábado, ambos contra a Ponte Preta

    Corinthians conhece grupos e tabela da segunda fase do Paulista Sub-15 e Sub-17

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x