Marcelinho revela intimão de Vampeta após pênalti perdido: 'Olha a m... que ele fez'

Marcelinho revela intimão de Vampeta após pênalti perdido: 'Olha a m... que ele fez'

Por Meu Timão

Marcelinho contou os bastidores do pênalti perdido na Libertadores de 2000

Marcelinho contou os bastidores do pênalti perdido na Libertadores de 2000

Foto: Reprodução / Youtube

Ídolo da Fiel e multicampeão com a camisa do Corinthians, Marcelinho Carioca realizou grandes atuações e fez gols históricos pelo clube, porém convive com uma mancha em sua passagem. O ex-jogador comentou os bastidores do pênalti perdido diante do arquirrival Palmeiras nas semifinais da Libertadores de 2000, que tirou a equipe da competição, revelou ter recebido um ‘intimão’ de Vampeta após o lance.

O “Pé de anjo”, como é conhecido pela torcida alvinegra, comentou a participação decisiva do então preparador de goleiros do rival paulista, Carlos Pracidelli, no erro da penalidade máxima que valia a vaga na final do torneio continental para o Corinthians.

Tava confiante que ia fazer. Você vê que o Marcos adiantou um pouquinho, mas é mérito dele. O difícil não é bater o pênalti, é você sair do meio (de campo) até a cobrança pensando em bater no meio ou trocar (de lado). Quando você está nesse momento, que é crucial, não tem a visão geográfica, é periférica. O Marcão foi tão inteligente. Não sei se era o Pracedelli o preparador de goleiro dele, mas tinha um cara atrás do gol falando: “não pula, não pula, que ele vai rolar no meio”. Cara, eu escutei isso. Pensei em rolar, aí falei: “não, vou no meu canto que tenho firmeza”. Quando eu bato, tô vendo um bracinho (tirando a bola)”, relatou o ex-meio-campista em entrevista ao programa Desimpedidos da Fox, do canal à cabo Fox Sports.

Em seguida, em meio ao desapontamento de ter tirado o Timão da competição sul-americana, o ex-boleiro contou a reação que recebeu dos jogadores do Corinthians após o fatídico lance. Segundo Marcelinho, o então companheiro de equipe Dinei tentou consolá-lo, enquanto Vampeta intimidou a sua atuação.

“Eu voltou cabisbaixo e vem o Dinei: “não, você é o nosso ídolo. Fica tranquilo”. O Vampeta vem gritando “ídolo p…a, nenhuma. Olha a merda que ele fez”, relembrou Marcelinho.

Atualmente, o Corinthians não vive uma boa fase em bolas paradas. Durante a temporada 2016, o Timão carrega a marca de oito penalidades perdidas das 13 marcadas a favor do campeão nacional vigente. A última delas foi realizada na derrota por 2 a 0 contra o Botafogo, no dia 1º de outubro, pelo Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes