À sombra de Oswaldo, Carille reforça desejo de permanecer como treinador do Corinthians

À sombra de Oswaldo, Carille reforça desejo de permanecer como treinador do Corinthians

Por Meu Timão

Carille falou da ambição em ser efetivado como treinador

Carille falou da ambição em ser efetivado como treinador

Foto: Agência Corinthians

Sem perspectiva de trabalho no comando técnico do Corinthians, Fábio Carille aguarda um posicionamento da diretoria quanto à sua permanência ou saída do cargo. Com Oswaldo de Oliveira acertado, entretanto, ainda não anunciado oficialmente pelo clube, Carille segue realizando sua função normalmente, focado em adquirir cada vez mais experiência ao longo dos jogos e treinos.

“Sempre deixei clara minha vontade de seguir como treinador. O momento vai chegar. Estou muito feliz por tudo. De seis jogos que dirigi, um só fomos muito abaixo, que foi contra o Botafogo. A hora vai chegar. Estou feliz, estou contente, me sinto preparado e a hora vai chegar”, destacou Carille.

Questionado sobre seu provável substituto, Carille não poupou elogios a Oswaldo de Oliveira e, novamente, reiterou o profissionalismo como funcionário do Corinthians, independente da ordem exigida pela diretoria em breve.

“Não tenho informação nenhuma e quem pode responder se é meu último jogo ou não é a diretoria do Corinthians e seu presidente. Fiquei focado 100% no jogo e o Corinthians me conhece muito bem como profissional há muito tempo. Sempre ouvi coisas boas, cara vencedor dentro do clube, que conquistou, fez bons trabalhos, é experiente. E sou profissional do Corinthians”, acrescentou.

A respeito de seu futuro no clube, Fábio Carille revelou as chances de retornar à função de auxiliar técnico e se mostrou à disposição das necessidades do Corinthians. “O que for delegado para mim eu vou fazer, sempre vivi dia a dia aqui e assim continuará sendo. A minha resposta é igual dos jogadores: não sabemos o que vai acontecer. Sou treinador até segunda ordem e quando ele for anunciado eu volto para a minha função. Não trouxemos essa conversa para a preleção, esse assunto não entrou no vestiário”, finalizou.

Definido pela diretoria como o responsável pelo comando técnico após a demissão de Cristóvão Borges, Carille, até o momento, comandou o Timão em seis partidas, conquistando três vitórias, um empate e sendo derrotado em duas ocasiões. O Corinthians volta a campo no domingo, às 18h30, quando enfrenta o América-MG, em Itaquera. Somando 45 pontos, o Timão faz a oitava melhor campanha do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Craque do futsal do Corinthians, Leandro Lino deve jogar pelo Sorocaba em 2017

    Quatro campeões do Corinthians recebem proposta do Sorocaba e devem 'virar casaca' em 2017

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes