Na Áustria, ex-Sport revela sonho de jogar no Corinthians

Na Áustria, ex-Sport revela sonho de jogar no Corinthians

Por Meu Timão

Joelinton defendeu o Sport no Brasileirão de 2015

Joelinton defendeu o Sport no Brasileirão de 2015

Foto: Divulgação/Sport

Se por um lado a diretoria do Corinthians vem enfrentando dificuldade para contratar reforços, há jogadores mostrando bastante interesse em defender a camisa alvinegra. Um dia após Carlos Alberto "cavar" uma vaga no elenco corinthiano, um atacante ex-Sport mostrou bastante admiração pelo clube e pela torcida do Parque São Jorge.

Em entrevista ao jornal Lance!, Joelinton, que já passou pelas categorias de base da Seleção Brasileira e hoje atua no Rapid Viena, da Áustria, explicou os motivos que o fazem desejar um dia jogar no Corinthians. Atualmente, ele tem 20 anos.

"Gosto do Corinthians, principalmente porque a torcida cobra muito, apoia e é bem legal. É um clube que eu desejo jogar um dia, mas sou profissional e sempre vou pensar no melhor para mim e minha família. Onde eu estiver, vou me doar", afirmou.

Apesar de não ter ficado muito tempo no Brasil atuando profissionalmente, Joelinton se destacou com a camisa do Sport no Brasileirão do ano passado. Ele acabou negociado por R$ 7,8 milhões ao Hoffenheim, da Alemanha, e, depois, emprestado ao futebol austríaco.

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes