Oswaldo de Oliveira justifica titularidade de Walter, mas não descarta Cássio

Oswaldo de Oliveira justifica titularidade de Walter, mas não descarta Cássio

Por Meu Timão

Treinador falou sobre a escolha na meta corinthiana

Treinador falou sobre a escolha na meta corinthiana

Foto: Agência Corinthians

Recém-contratado pela diretoria corinthiana, Oswaldo de Oliveira, aos poucos, vai implementando seu método de trabalho no clube. O treinador, que viu o Timão vencer o América-MG por 2 a 0 em sua estreia, neste domingo, comentou sobre a escolha na meta corinthiana, tendo em vista que optou por Walter.

"O Cássio é um goleiro admirado, que eu adoro, sempre admirei como adversário e vendo o Corinthians jogar, mas o momento é do Walter, ele está num melhor momento. Isso lhe oferece a possibilidade de dar continuidade a esse momento”, falou o treinador.

Walter, mesmo sendo pouco acionado ao longo do duelo diante do América-MG, se portou bem e atendeu às expectativas do comandante corinthiano. Entretanto, apesar da boa fase do camisa 27, Oswaldo de Oliveira não se esqueceu de Cássio, ressaltando sua qualidade e potencial dentro do clube.

“Enquanto isso o Cássio, que passou por momentos difíceis, vai ter oportunidade de se esmerar, melhorar, treinar bastante. Tem de estar sempre pronto para entrar em campo. Não estou aqui para beneficiar um nome, mas sim o clube. Vamos procurar sempre o bom senso, para que a equipe tenha o melhor", finalizou.

O Corinthians volta a campo na quarta-feira, diante do Cruzeiro, às 21h45, pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil, no estádio do Mineirão.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes