Diretoria do Timão dá incentivo em reunião com os atletas e assume 'bronca' por eliminação

Diretoria do Timão dá incentivo em reunião com os atletas e assume 'bronca' por eliminação

Por Meu Timão

Diretoria do Corinthians, junto com Oswaldo, teve reunião com elenco alvinegro

Diretoria do Corinthians, junto com Oswaldo, teve reunião com elenco alvinegro

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians ainda não jogou a toalha para a temporada de 2016. Apesar da eliminação na Copa do Brasil e da distância para os líderes do Campeonato Brasileiro, o Timão tem para este fim de ano a meta de garantir uma vaga na Libertadores de 2017. Na madrugada desta quinta-feira, a diretoria fez questão de deixar isso claro para os jogadores alvinegros.

Conforme revelado pelo portal Globoesporte.com, o presidente Roberto de Andrade e o gerente de futebol Alessandro Nunes, acompanhados pelo técnico Oswaldo de Andrade, tiveram uma reunião com o elenco alvinegro em Belo Horizonte, durante jantar logo após a derrota para o Cruzeiro. O intuito da conversa foi mostrar a importância das sete últimas rodadas do Campeonato Brasileiro para o clube, mesmo que o título não seja palpável.

Com 48 pontos, o Corinthians está empatado com o Atlético-PR na classificação do Brasileirão. Por conta do número de vitórias, o clube paranaense ocupa a sexta colocação; o Timão, a sétima. Mesmo ainda restando a possibilidade de o G6 se tornar G7, vale destacar que a equipe alvinegra depende apenas de si para terminar a competição entre os seis primeiros e, assim, conquistar uma vaga na Libertadores - há confronto direto com os paranaenses.

No que diz respeito à torcida, a principal preocupação do Corinthians é blindar o recém-chegado treinador Oswaldo de Oliveira. Apresentado na última sexta-feira, o comandante teve chance de dar apenas três treinos com bola e um regenerativo a seus jogadores. Por enquanto, soma uma vitória sobre o América-MG e uma derrota para o Cruzeiro no comando do Timão.

"Não dá para fazer avaliação de treinador, ele está há dias no trabalho. Está mantendo o que o Fábio Carille vinha fazendo e, agora, com semanas de trabalho, vai poder aplicar o que quer. Que sejamos nós cobrados (pela torcida): eu, o presidente e os atletas. Mas não o Oswaldo, que acabou de chegar e não conseguiu fazer nada ainda. Ele terá tempo para fazer seu melhor", declaro Alessandro, à imprensa, ainda em solo mineiro.

Veja Mais:

  • Pedrinho é a grande novidade entre os titulares

    Apostando na força da base, Corinthians recebe o Red Bull Brasil na Arena

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade definiu o novo diretor da base corinthiana

    Um dia após demissão, Corinthians já anuncia novo diretor da base

    ver detalhes
  • Marlone está deixando o Corinthians para atuar no Atlético-MG

    Postura de Marlone no dia a dia fez diretoria do Corinthians aceitar pedido de liberação de agente

    ver detalhes
  • Carille perdeu dez opções para o jogo desta quinta

    Corinthians tem dez desfalques para partida contra Red Bull Brasil; veja a lista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes