Andrés enumera 'baladeiros' do Corinthians e polemiza: 'Time tem que ter uns bandidos'

177 mil visualizações 262 comentários

Por Meu Timão

Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, segue influente no Parque São Jorge

Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, segue influente no Parque São Jorge

Agência Corinthians

Andrés Sanchez concedeu uma de suas mais polêmicas entrevista no início de noite desta quinta-feira. Em bate-papo na Rádio Bradesco FM, o ex-presidente do Corinthians afirmou que equipes de futebol como o Timão precisam ter "bandidos do bem".

"(Jogadores baladeiros) São os que eu gosto. Fui junto (para balada) só com o Ronaldo e com o Edu, quando jogava. A maioria das vezes, encontrava o jogador lá. Desde que ele treine e jogue bem, não sou babá de ninguém. Time de futebol, principalmente o Corinthians, tem que ter uns bandidos, senão não vai", afirmou.

"Corinthians tem que ter meia dúzia, dez bandidos do bem. O maior bandido que eu conheci foi Emerson Sheik, mas bandido do bem. Chegava e falava que no dia seguinte não ia jogar. Foi campeão e não apareceu por dois meses. Vou falar o que? Foi campeão. Mas tem jogador que fica com a cabeça abaixada, quieto, é o que mais tem", completou.

Além de Emerson Sheik, Andrés Sanchez enumerou jogadores que passaram pelo Corinthians durante a gestão da chapa Renovação & Transparência e que, de acordo com o ex-presidente, se enquadrariam no perfil "baladeiro". O cartola inclusive fez uma revelação sobre um jogador do atual elenco alvinegro, o meia Rodriguinho:

"O André eu nunca soube (sobre chegar bêbado). O Rodriguinho chegou uma vez, mas não bêbado, de ressaca. Isso é normal. Quer time mais baladeiro que o de 2009, que fomos campeões invictos do Paulistão? Elias, Jorge Henrique, Cristian, Liedson, Souza, Ronaldo, Roberto Carlos...", argumentou.

Além de Rodriguinho, outro jogador citado e que faz parte do atual elenco do Timão é Cristian. Na reserva desde que voltou ao clube, no início do ano passado, o volante foi uma contratação conduzida pelo próprio Andrés Sanchez.

"É um jogador que tem uma história no Corinthians, todo mundo achou que ele poderia render, e infelizmente não está rendendo isso no Corinthians. É capaz de sair agora no fim do ano e jogar muito bem em outro clube", declarou Andrés.

Veja Mais:

  • Donelli deve ter nova chance na meta alvinegra com ausência de Cássio

    Corinthians não relaciona titulares para duelo contra o Novorizontino; veja lista completa

    ver detalhes
  • Reservas foram a campo para último treino antes de duelo pelo Paulistão

    Corinthians faz último treino antes de encarar o Novorizontino no domingo; veja possível time

    ver detalhes
  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x