Promotor defende ação da polícia no Rio e exalta 'resultados' de torcida única

1.4 mil visualizações 43 comentários

Por Meu Timão

Paulo Castilho defendeu a postura da polícia no Maracanã

Paulo Castilho defendeu a postura da polícia no Maracanã

Divulgação

Em meio a mais um episódio de confusão nas arquibancadas envolvendo torcedores do Corinthians, desta vez, no Maracanã, contra a Polícia Militar, pouco antes da partida diante do Flamengo, a existência de organizadas voltou a ser discutida.

Responsável por grande parte das decisões nos estádios paulistas, o promotor do Ministério Público de São Paulo, Paulo Castilho, convidado do programa Troca de Passes, do SporTV, se manifestou a respeito do ocorrido e defendeu a prisão dos corinthianos envolvidos na confusão - fato confirmado nesta segunda-feira, pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, com a detenção de 42 torcedores.

"É importante que se faça o flagrante e se mantenha esses 40 delinquentes presos. Se só lavrar o termo circunstanciado e liberá-los, vão levar esse boletim de ocorrência como troféu. Esses covardes tem que ficar presos. Nem que fiquem por 30, 40 dias, sejam denunciados, liberados, mas afastados dos estádios de futebol, até terminar o processo, isso já serve para você punir e prevenir a violência", declarou.

Um fato marcante chamou atenção ao final dos 90 minutos. Com o Maracanã vazio, mediante à liberação da torcida do Flamengo, a Polícia Militar carioca obrigou os torcedores corinthianos a tirarem suas camisetas para a realização de uma revista e possível identificação dos envolvidos no confronto antes do jogo.

Questionado sobre a política de segurança a partir dos riscos causados pelas torcidas organizadas, Paulo Castilho citou os principais pontos da estratégia utilizada na capital paulista, além de defender a postura da Polícia Militar no Maracanã.

"Aqui em São Paulo, quando instituímos torcida única para os clássicos, visando extirpar os torcedores violentos, conseguimos reduzir a violência, aumentar o público, aumentar a renda e economizar do bolso do contribuinte 150 policiais por jogo. Tivemos todos os clássicos com tranquilidade, com mulheres e famílias voltando para os estádios (...) Também comungo dessa visão (duas organizadas em um clássico)", acrescentou.

"Mas temos que minar a torcida organizada, que são violentos. Defendo que no lugar desses ingressos que essas torcidas têm acesso e os clubes permitem, por que a CBF não pensam nisso, e os próprios clubes, de destinar um setor para o torcedor do bem, que não pertence a torcida organizada. Mas não, insistentemente priorizam as organizadas. Essa é a cruzada que tenho tentado em São Paulo", completou.

Veja Mais:

  • Willian volta à disposição do técnico Vítor Pereira

    Willian reforça o Corinthians em lista de 24 jogadores para enfrentar o Flamengo; veja nomes

    ver detalhes
  • Willian em ação durante treino do Corinthians, nesta segunda-feira

    Corinthians tem Willian em campo em último treino antes de enfrentar o Flamengo; veja provável time

    ver detalhes
  • Cambistas ficam em frente ao Maracanã para lugar com ingressos do setor visitante

    Cambistas vendem ingressos por mil reais para corinthianos no Rio de Janeiro

    ver detalhes
  • Mateus Vital pode ser negociado com o Real Valladolid, da Espanha

    Corinthians e time de Ronaldo Fenômeno negociam transferência de Mateus Vital

    ver detalhes
  • Corinthians decide uma vaga nas semifinais da Libertadores, nesta terça-feira, diante do Flamengo

    Como está seu nível de confiança para a classificação do Corinthians na Libertadores? Vote!

    ver detalhes
  • Corinthians e Palmeiras se enfrentam pelo Brasileirão neste sábado, às 19h, na Neo Química Arena

    Corinthians abre venda de ingressos para clássico contra o Palmeiras pelo Brasileirão; veja detalhes

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Comentário mais curtido

    Foto do perfil de Ciro

    Ranking: 9º

    Ciro 39344 comentários

    @ciro.hey em

    Se prendessem sempre aqueles que aprontam não teríamos mais esse problema.
    Mas olha a postura da PM no estádio. Prenderam apenas os Corintianos.. Bom para o Corinthians que não deve ser punido.
    Mas como não prenderam um Flamenguista o Flamengo se for denunciado precisa ser punido também!

  • Publicidade

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Luiz

    Ranking: 14º

    Luiz 30512 comentários

    43º. @timao.in.rio em

    Ele representa o Estado. E o Estado é incompetente por não assegurar a paz e a tranquilidade aos torcedores.

  • Foto do perfil de Luiz

    Ranking: 5º

    Luiz 56629 comentários

    42º. @luiz.fernando.balest em

    Kkkkkkkkkkkkkkk, cadê o famoso STJD, lá teve objetos atirados em jogadores do Timão, teve brigas entre torcidas e só os corintianos foram punidos!

  • Foto do perfil de Saulo

    Ranking: 4196º

    Saulo 423 comentários

    41º. @bargos em

    Eu não to aqui para defender BANDIDOS, MARGINAIS E DROGADOS,... + se fosse na Arena Corinthians e contra a torcida do flamerda, isso ia ser uma bomba nuclear para imprensa,...iam falar o resto do ano,... E o Timão ia perder até mando de campo,...

  • Foto do perfil de Filipe

    Ranking: 7565º

    Filipe 204 comentários

    40º. @filipe.soares3 em

    O estádio de futebol é o mais simples reflexo da nossa sociedade

  • Foto do perfil de Wagner

    Ranking: 513º

    Wagner 2608 comentários

    39º. @banciela em

    Torcida única só trás benefícios pra nós...sempre temos a primeira ou segunda média de público! Não há necessidade de dar dinheiro pros outros clubes! E aumenta nossa renda, pois deixamos de perder uns 3 mil lugares com as separações...além de ficar feio!

  • Foto do perfil de Antonio Laecio

    Ranking: 10º

    Antonio 37594 comentários

    38º. @antonio.laecio.souza em

    O que precisa ser punido dos estádios é os bandidos que vão para os estádios e não os verdadeiros torcedores!

  • Foto do perfil de Wesley

    Wesley 40 comentários

    37º. @wesley.pinheiro1 em

    Meu Deus, esse escroto do Paulo Castilho está acabando com o futebol, isso sim, sabe porque a violência no futebol não acaba? Porque as autoridades não querem, a grande parte da mídia ganha com isso, as autoridades ganham com isso, vide o Ex Promotor do Ministério Público de São Paulo, hoje Deputado Federal e Presidente da Câmara dos Deputados de São Paulo Fernando Capez, que se promoveu sempre através das brigas das organizadas, não duvido nada esse Promotor(Paulo Castilho) em 2018 se candidatar e se eleger a Deputado! Estão acabando com o futebol aos poucos, e a mídia está aplaudindo isso de pé, infelizmente por causa de uns todos são prejudicados, acho que os clubes tinham que fazer algo para que o futebol não acabe, porque do jeito que está indo, o mesmo não sobreviverá por muito tempo!

x