Por grande procura, Corinthians amplia campanha contra o câncer de mama

Por grande procura, Corinthians amplia campanha contra o câncer de mama

Por Meu Timão

Campanha do Corinthians de prevenção ao câncer de mama é prorrogada

Campanha do Corinthians de prevenção ao câncer de mama é prorrogada

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Devido a grande procura, o Corinthians anunciou nesta tarde a prorrogação da campanha que promove a prevenção ao câncer de mama “Corinthians é Preto e Branco, Outubro Rosa” até a próxima sexta-feira, 4 de novembro.

Entre os dias 17 e 28 de outubro, a campanha realizou mais de 600 atendimentos na Arena Corinthians com a realização dos exames de mamografia e ultrassonografia gratuitamente. A iniciativa é uma parceria do Timão com a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e o Hospital Santa Marcelina e conta com o apoio da ONG Sobrevivência e da Cabelegria.

Apenas no dia 2 de novembro, feriado do dia de finados, não haverá atendimentos na Arena. No dia anterior, somente serão atendidas mulheres com exames agendados a partir das 13h.

"Assim como no ano passado, nós do Corinthians junto com a Secretaria de Saúde do Estado e o Hospital Santa Marcelina buscaremos atender todas as mulheres que se cadastraram e foram identificadas dentro de um grupo prioritário", declarou Donato Votta, Diretor de Cultura e Responsabilidade Social do clube.

No site da campanha, quase 3.500 inscrições estão confirmadas. O número de interessadas é maior que a capacidade de atendimento dos caminhões do projeto. Por esse motivo, a prioridade é para mulheres entre 40 e 59 anos que não fizeram avaliações de mamografia nos últimos 12 meses e que constataram alteração nas mamas e/ou têm histórico familiar. As mulheres que realizaram o cadastramento e encontram-se nesse grupo receberão um e-mail informando a data e horário em que deverão comparecer à Arena Corinthians para a realização dos exames.

Neste domingo, foi organizada a “Caminhada Outubro Rosa – Santa Marcelina e Corinthians”, com o objetivo de sensibilizar a população aos sinais e sintomas do câncer de mama nas mulheres. Partindo da Rampa Central do Hospital Santa Marcelina o percurso teve três quilômetros de extensão e seguiu pelas ruas do bairro de Itaquera até a Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes