Diretor do Audax revela interesse em dupla do Corinthians

Diretor do Audax revela interesse em dupla do Corinthians

Por Meu Timão

Camacho (foto) e Bruno Paulo são monitorados pelo Audax

Camacho (foto) e Bruno Paulo são monitorados pelo Audax

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians pode ser alvo do Osasco Audax neste fim de temporada. O diretor de futebol da equipe paulistana, Nei Teixeira, revelou que ter interesse em dois jogadores do Timão, justamente aqueles negociados pelo próprio clube após o término do Campeonato Paulista.

“Estamos de olho no Sidão, do Botafogo, no Bruno Paulo e no Camacho, ambos do Corinthians. É do nosso interesse quem a gente tiver condições de revitalizar”, revelou o dirigente em fala reproduzida no UOL Esporte.

Vale lembrar que Camacho já fez parte do elenco do Audax com muitas idas e vindas. Mas em 2016, em seu melhor ano da carreira, disputou a final do Campeonato Paulista e foi vice-campeão. Posteriormente, foi contratado pela diretoria corinthiana e é um dos titulares do elenco comandado por Oswaldo de Oliveira.

Já Bruno Paulo ainda não teve a oportunidade de estrear com a camisa alvinegra. O jogador passou por um procedimento para a retirada de uma hérnia lombar em outubro deste ano. A cirurgia foi realizada no hospital São Luiz, em São Paulo, e deve adiar a entrada de Bruno nos jogos até 2017.

Veja Mais:

  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi palco de semifinal da Copinha em 2016

    FPF nega semifinal na Arena, libera Paulista em Jundiaí e volta a irritar diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes