Com Cássio no gol, Timão perdeu apenas quatro dos 18 clássicos contra São Paulo

Com Cássio no gol, Timão perdeu apenas quatro dos 18 clássicos contra São Paulo

Por Meu Timão

Cássio defendeu o último pênalti de Rogério Ceni contra o Corinthians

Cássio defendeu o último pênalti de Rogério Ceni contra o Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

De volta ao time titular Corinthians, o goleiro Cássio terá a seu favor um retrospecto positivo em clássicos do Timão contra São Paulo. Os números do goleiro corinthiano são mais um arma do jogador na briga com Walter pela titularidade.

Com a lesão de Walter, que não está nem relacionado para o duelo, o arqueiro tem a possibilidade de repetir feitos passados. Em grande fase, a baixa do time é a oportunidade perfeita para que Cássio retome a vaga.

Gigante sob as traves, os clássicos com o goleiro Cássio tem números favoráveis: o Corinthians conquistou oito vitórias em cima do adversário, sendo seis empates e apenas quatro derrotas. Com o goleiro veterano do Timão, o saldo fica positivo em número de gols: foram 18 sofridos pelo Timão contra 27 a favor.

Foi contra o São Paulo, também, que Cássio fez algumas defesas inesquecíveis. Entre elas, dois pênaltis defendidos contra o rival: um em 2015 e outro em 2013, ambos cobrados por Rogério Ceni no Morumbi. Na ocasião, Cássio chegou a falar sobre sua "sorte" ao defender cobranças do adversário (relembre no vídeo abaixo).

O resultado é tão bom que, mesmo na reserva do Corinthians, Cássio chegou a ser cotado como novo reforço do próprio São Paulo para a próxima temporada. As especulações foram negadas pelo rival e pelo próprio jogador.

Corinthians e São Paulo se enfrentam neste sábado, no estádio do Morumbi. A partida será realizada a partidas 19h30, pela rodada 34 do Campeonato Brasileiro, e marca a busca da equipe alvinegra por uma vaga na Copa Libertadores da próxima temporada.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes