De novo com Daronco no apito, Corinthians leva gol impedido e fica no prejuízo

De novo com Daronco no apito, Corinthians leva gol impedido e fica no prejuízo

Por Meu Timão

Impedimento de Rafael Moura no lance do gol do Figueirense

Impedimento de Rafael Moura no lance do gol do Figueirense

O Corinthians foi, mais uma vez, prejudicado pela arbitragem na atual edição do Campeonato Brasileiro. E, curiosamente, pela terceira vez seguida em um jogo apitado por Anderson Daronco.

O gol marcado por Rafael Moura na noite desta quarta-feira, aos 46 minutos do segundo tempo, sacramentando o empate do Figueirense para cima do Timão, foi irregular. O atacante estava em posição de impedimento, mas o bandeirinha não sinalizou e, assim, Daronco validou o lance.

Chama atenção o fato de que o mesmo erro aconteceu em outras duas recentes oportunidades contra o Corinthians. Daronco validou gols irregulares de Gum, do Fluminense, e Guerrero, do Flamengo. Tais tentos impedidos já haviam custado ao Timão uma derrota e um empate.

Ciente da insatisfação do Corinthians com a arbitragem de Anderson Daronco, a CBF trocou, para a partida desta quarta, os bandeirinhas que costumavam trabalhar em sua equipe. Mesmo assim, o Timão voltou a ser prejudicado.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Erros de arbitragem.

Veja Mais:

  • Divulgação de oferta inicial do Corinthians pode melar contratação de Drogba

    Documento oficial com proposta por Drogba vaza e pode atrapalhar acordo

    ver detalhes
  • John Terry postou foto com Drogba, Willian e outros jogadores do Chelsea em seu perfil no Instagram

    Já em Londres, Drogba se encontra com ex-Corinthians e outros jogadores do Chelsea

    ver detalhes
  • Com Guilherme no meio, Timão tenta conquistar primeira vitória em clássicos em 2017

    Corinthians encara rival São Paulo em decisão da Florida Cup

    ver detalhes
  • Jean apareceu com óculos por conta de uma conjuntivite

    Conjuntivite ataca jogador do Corinthians, que vai a treino de óculos e vira alvo dos amigos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes