Gil pode deixar a China e não descarta retorno ao Brasil

Gil pode deixar a China e não descarta retorno ao Brasil

Por Meu Timão

Equipe de Gil fez somente a 14ª melhor campanha no campeonato chinês

Equipe de Gil fez somente a 14ª melhor campanha no campeonato chinês

Foto: Divulgação

Peça fundamental no setor defensivo corinthiano durante a campanha do hexacampeonato brasileiro, o zagueiro Gil lida com diversos questionamentos a respeito de sua permanência no futebol chinês. Ainda sem saber qual será o planejamento do Shandong Luneng, seu clube, na temporada seguinte, o defensor de 29 anos não deixa evidente a vontade por sua saída, mas também não descarta a possibilidade.

Negociado pelo Corinthians no início da atual temporada, Gil, adquirido por R$ 45 milhões, mesmo jogando como titular em grande parte do campeonato chinês, não evitou que sua equipe terminasse a campanha com apenas o 14º melhor rendimento.

O zagueiro ficou marcado positivamente pela Fiel e faz valer o carinho frequentemente, através de suas postagens nas redes sociais. Mesmo defendendo as cores de outro clube do outro lado do mundo, Gil não abandonou o Corinthians e acompanha grande parte dos compromissos do Timão.

A partir da campanha abaixo do esperado, mediante à dimensão do investimento, o clube chinês não descarta uma reformulação de estrangeiros em seu elenco e, uma possível contratação de outro zagueiro, o que poderia significar para Gil o pedido de transferência - tendo em vista que o regulamento na China estipula um limite para jogadores de fora do país.

Embora tenha marcado presença nas últimas listas de convocações do técnico Tite para a Seleção Brasileira, Gil vive fase bem abaixo à que atingiu no Corinthians. Em meio a incertezas, o zagueiro aguarda o posicionamento de seu clube e respeita os três anos de contrato até definir sua escolha, segundo apurado pelo UOL Esporte.

Apesar da repercussão sobre a possível saída de Gil da China, a prioridade do jogador está longe de ser o futebol brasileiro. Recentemente procurado pelo Galatarasay, da Turquia, detalhes fizeram com que o jogador não deixasse seu atual clube. Além disso, o zagueiro também planeja defender uma equipe europeia antes de retornar ao futebol brasileiro.

Porém, a partir da preferência de seus familiares pelo retorno ao Brasil, após dificuldades de adaptação no novo país, em especial, na alfabetização de seu filho, o fato pode influenciar o jogador na escolha. Vale lembrar que o principal empecilho se deve à questão financeira, tendo em vista que Gil recebe cerca de R$ 1,2 milhão por mês, além do próprio valor de seu passe.

Contratado pelo Timão em 2013, Gil disputou 185 jogos em três temporadas pelo clube, anotando sete gols. Em sua passagem pelo Corinthians, marcou presença nas campanhas vitoriosas do Campeonato Paulista (2013), Recopa Sul-Americana (2013) e Campeonato Brasileiro (2015).

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

    Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes