Gabi comemora convocação e vive expectativa por estreia na Seleção

Gabi comemora convocação e vive expectativa por estreia na Seleção

Por Meu Timão

1.2 mil visualizações 17 comentários Comunicar erro

Gabi Nunes, em ação contra o Japão pelo Mundial Sub-20

Gabi Nunes, em ação contra o Japão pelo Mundial Sub-20

Site oficial da CBF

Dona de cinco gols em apenas quatro jogos do Mundial Sub-20, Gabi Nunes, enfim, recebeu a tão esperada notícia: a primeira convocação para a Seleção Brasileira principal. Já integrada ao grupo comandado por Emily Lima, a atacante do Audax/Corinthians celebrou a inesperada chance após o corte de Rosana e garantiu que não veio a Manaus a passeio.

“Fiquei bem feliz de fazer meu primeiro treino com as meninas do principal. Acabei de chegar da Copa do Mundo Sub-20, e a experiência está sendo muito bacana de jogar com grandes jogadoras, como a Formiga, que sempre acompanhei e agora tenho a oportunidade de jogar junto”, disse Gabi Nunes em fala reproduzida no GloboEsporte.com.

A convocação da jovem corinthiana foi anunciada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no último sábado. Mesmo sendo destaque da equipe paulista e vice-artilheira do Mundial Sub-20 na Papua Nova-Guiné, em novembro, Gabi, de apenas 19 anos, não havia sido chamada inicialmente por Emily. Ela também ficou fora da disputa dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

“Foi minha primeira participação no Mundial. Pude ver que é outra realidade, com times muito fortes, de muita qualidade e pudemos ver onde dá pra melhorar e onde estamos próximas do que elas fazem lá. Queríamos ter trazido o título, mas ficamos felizes com a grande participação”, frisou – o Brasil acabou eliminado pelo Japão nas quartas de final.

Gabi defende a Seleção no Torneio Internacional Copa Caixa de Futebol Feminino, que começa nesta quarta-feira, na Arena da Amazônia. Além dela, outras cinco jogadoras do Audax/Corinthians foram chamadas por Emily: a goleira Letícia, a lateral Camila, a meia Thaisa e as atacantes Nenê e Chu.

Questionada a respeito da renovação do Brasil pós-Olimpíada, Gabi é sincera. “Agora que teve a renovação e meninas novas chegaram, eu fico muito feliz de fazer parte. Como eu disse, era o meu sonho e estou conseguindo realizar com as meninas aqui em Manaus, com a possibilidade de fazer quem sabe o meu primeiro jogo com a principal. Trabalhei bastante. Sempre foquei muito no meu trabalho no clube. Não esperava, mas Deus abriu essa porta. Estou muito feliz e quero ajudar”, finalizou.

Em tempo: O Brasil é hexacampeão do Torneio Internacional, ficando sem o título só em 2010, quando o Canadá ergueu o troféu. Desta vez, a equipe canarinho mede forças com Costa Rica (dia 7), Rússia (dia 11) e Itália (dia 14). As duas seleções melhores colocadas no quadrangular se classificam à final.

Veja mais em: Futebol feminino.

Veja Mais:

  • Corinthians estreia no Brasileirão de 2019 contra o Bahia

    CBF divulga tabela, e Corinthians já sabe contra quem estreia no Brasileirão-2019

    ver detalhes
  • Léo Santos está perdendo espaço no elenco do Corinthians

    Corinthians pode emprestar Léo Santos ao Fluminense; clubes discutem pagamento de salário

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez falou sobre dívida do Corinthians para pagar o estádio

    Andrés Sanchez atualiza dívida da Arena Corinthians com BNDES e cita 'atrasos de R$ 200 milhões'

    ver detalhes
  • Rosenberg é diretor de marketing do Corinthians desde fevereiro de 2018

    Rosenberg tenta explicar comentário sobre mulher com HIV; Corinthians divulga nota oficial

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes