Venha fazer parte da KTO
x

Diretor financeiro opina sobre contratações e avalia investimentos do Corinthians

1.2 mil visualizações 16 comentários Reportar erro

Por Beatriz Maineti, Gustavo Lima e Vitor Chicarolli

Rozallah Santoro não abre mão de um time competitivo em meio à reformulação do Corinthians

Rozallah Santoro não abre mão de um time competitivo em meio à reformulação do Corinthians

Meu Timão

Rozallah Santoro, diretor financeiro do Corinthians, acredita que a atuação da diretoria no mercado da bola de 2024, o primeiro da gestão Augusto Melo, foi uma medida importante para o desenvolvimento. Segundo ele, remontar o elenco corinthiano era uma necessidade, principalmente considerando a situação interna da instituição no momento da troca de comando administrativo.

"Você pode olhar friamente os nomes que foram contratados e que implicaram nesse comprometimento de valores e você pode olhar também a conjuntura na qual essa gestão começa o trabalho. Essa gestão começa o trabalho sem caixa, sem crédito e sem elenco. Se ela tinha a opção de não remontar o elenco, dificilmente dá para afirmar isso. Ela tinha que remontar o elenco", afirmou Rozallah em entrevista no Parque São Jorge após a votação das contas do Corinthians de 2023.

A afirmação de Rozallah acontece em resposta ao que disse o economista Cesar Grafietti entrevista ao Meu Timão. O profissional defende que o Corinthians, que vive um momento financeiro delicado, não deveria ter investido R$ 130 milhões em jogadores. O diretor corinthiano, por outro lado, acredita que as contratações são aplicações obrigatórias no mundo esportivo atual.

"Quando falamos de janela de oportunidade, e muito se usa de referência toda a reforma financeira que foi feita no Flamengo, se voltarmos no tempo. Estamos falando de um período de sete anos, no qual a performance esportiva não tinha a relevância que ela tem hoje na remuneração dos clubes. Estamos falando de uma performance esportiva que representa alguma coisa na casa de R$ 110 a 120 milhões do que temos pela frente. Não dá para abrir mão dessa receita. Se foi muito, se foi pouco, se as decisões foram certas ou não, só o futuro vai dizer acompanhando os resultados em campo", concluiu o diretor financeiro.

Para a temporada de 2024, o Corinthians fez 11 contratações, entre contratos de empréstimo e chegadas em definitivo de atletas. Chegaram ao time os meio-campistas Rodrigo Garro e Igor Coronado, o volante Raniele, os laterais-esquerdos Hugo e Diego Palácios, os zagueiros Félix Torres, Gustavo Henrique e Cacá, o lateral-direito Matheuzinho e os atacantes Pedro Henrique e Pedro Raul.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians e Contratações do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians encerra preparação para clássico contra o São Paulo

    Corinthians encerra preparação para clássico contra o São Paulo no Brasileirão; veja provável time

    ver detalhes
  • Arthur Sousa saindo em comemoração após gol marcado contra o São Paulo

    Autor do gol de honra no último Majestoso 'desaparece' do Corinthians com António Oliveira

    ver detalhes
  • Romero no empate do Corinthians com o Fortaleza

    Romero permanece em convocação do Paraguai e vira desfalque para os próximos jogos do Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner segue no departamento médico do Corinthians

    Corinthians atualiza situação de lesionados antes de clássico contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Donelli completa 700 dias sem entrar em campo pelo Corinthians

    Donelli completa 700 dias sem entrar em campo pelo Corinthians; relembre jogos do goleiro

    ver detalhes
  • Jovem volante lidera preferência da Fiel para substituir Garro no Majestoso

    Jovem volante lidera preferência da Fiel para substituir Garro no Majestoso; veja votos da enquete

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Caio

    Ranking: 1394º

    Caio 1457 comentários

    16º. @caiobbadaro em

    Tanto esse quanto o último diretor financeiro do Corinthians são muito lúcidos, mas não tem poder de resolver nada! São engolidos pela política do clube, por pessoas gananciosas e corruptas!

    Financeiramente falando, será que o Gil toparia ganhar menos que Gustavo Henrique e Cacá somados? Será que Giuliano custa mais que Pedro Henrique e Pedro Raul juntos? Essas mudanças no elenco foram por razões técnicas, financeiras ou políticas? O Corinthians comprou, pagando o passe, PH e PR, tendo jovens como Giovane, Arthur Souza e Kayke no elenco.

    Eu tenho tanta confiança nessa diretoria quanto na antiga!

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Adenilton

    Ranking: 238º

    Adenilton 5174 comentários

    15º. @adenilton.nunes1 em

    Importante sim ter feito contratações algumas acertadas e outras ainda não demonstra acerto mais pode melhorar, agora esse aumento de despesas tem que ser muito bem equilibrado com um crescimento superior das receitas e redução das dívidas aí onde fico preocupado

  • Foto do perfil de Jean

    Ranking: 50º

    Jean 16719 comentários

    14º. @gaviao11 em

    Ok

  • Foto do perfil de Leandro

    Ranking: 44º

    Leandro 18431 comentários

    13º. @leandro.ferreira.da3 em

    Que tinha que contratar não resta dúvida. Saíram mais de 13 jogadores. Mas que gastou mal em alguns nomes, também não há dúvida e não precisa o final do ano pra se chegar a essa conclusão. Jogador que custa mais de R$ 20 Mi aos cofres de um clube quebrado financeiramente, não pode vir pra ser reserva e ficarmos esperando um acaso para o cara jogar - como Matheuzinho e Pedro Raul, por exemplo.

    Outro péssimo custo-benefício é o tal do Coronado, que estava na cara que ia chegar aqui e ter muitas dificuldades físicas. Um clube devendo quase R$ 2 Bi gastar 2 milha por mês com um jogadorzinho desse nível, é uma irresponsabilidade financeira absurda. Dava pra ter gastado menos e melhor, bastava ter um pouco mais de critério e realmente profissionais técnicos tomando as decisões no futebol.

  • Foto do perfil de João

    Ranking: 47º

    João 17545 comentários

    12º. @loucorouco em

    OK!