Sonho antigo do Corinthians, Conca procura clube brasileiro com CT de ponta

Sonho antigo do Corinthians, Conca procura clube brasileiro com CT de ponta

Por Meu Timão

19 mil visualizações 147 comentários Comunicar erro

Conca está no Shanghai SIPG

Conca está no Shanghai SIPG

Diante dos problemas envolvendo a negociação com Wagner, do Tianjin Teda, o Corinthians está em busca de uma alternativa no mercado da bola. O perfil é o mesmo: um meia versátil e com experiência no futebol brasileiro e estrangeiro. Curiosamente, são características de Darío Conca, jogador cujo nome é constantemente ventilado no Parque São Jorge e, em 2017, deseja retornar ao Brasil.

Conca é sonho antigo do presidente Roberto de Andrade, desde os tempos em que era diretor de futebol. Nos últimos meses, contudo, uma eventual contratação do argentino vinha sendo descartada por conta dos altos valores envolvidos - no Shanghai SIPG, da China, ele ganha um salário na casa de R$ 1 milhão e tem contrato até 2018.

A novidade, contudo, diz respeito à situação física do meia. Aos 33 anos, Conca se recupera de uma cirurgia no joelho. A previsão de retorno aos gramados é em março. E isso, que num primeiro momento parece problema, é na verdade solução: o argentino quer atuar em um clube brasileiro que o ajude a se recuperar fisicamente.

No momento, quem se propôs a ajudá-lo foi o Flamengo, que recentemente construiu um centro de treinamento inspirado no do Corinthians. Ou seja, o Timão tem as mesmas - ou até superiores - condições que a equipe carioca para investir no tratamento de Conca.

Como já tem conversas com o clube chinês, o Flamengo estuda a possibilidade de ficar com Conca por empréstimo ao longo de toda a temporada de 2017. O salário seria pago parcialmente pelo clube carioca - algo em torno de R$ 500 mil, de acordo com o portal Uol.

O valor de R$ 500 mil, que em princípio pode assustar a torcida corinthiana, é semelhante ao que o Timão se propôs a pagar a Wagner - as partes, no início da negociação, haviam acertado base salarial de R$ 450 mil.

O que pesa contra o Corinthians é que Conca, no Brasil, está acostumado ao Rio de Janeiro. No Fluminense, afinal, atuou por duas ocasiões, de 2008 a 2011 e em 2014. Vale destacar, contudo, que situação semelhante já foi contornada pelo Timão - Ronaldo Fenômeno, em dezembro de 2008, que o diga.

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero reestreia no Brasileiro nesta quarta-feira

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes
  • Marciel não vai permanecer no Corinthians após dispensa da Ponte Preta

    Devolvido pela Ponte Preta, Marciel não fica no Corinthians e deve ser emprestado ao Oeste

    ver detalhes
  • Atleta com mais tempo de clube, Danilo não sabe se fica para 2019

    Corinthians tem quatro jogadores com contrato perto do fim; só um já definiu futuro

    ver detalhes
  • O centroavante Jonathas está entre os recém-chegados no elenco do Corinthians

    Saiba até quando o Corinthians pode inscrever reforços nas competições de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes