Ele passou por Liverpool, Juventus e PSG. Agora é oferecido ao Corinthians para 2017

Ele passou por Liverpool, Juventus e PSG. Agora é oferecido ao Corinthians para 2017

Por Meu Timão

Sissoko é oferecido ao Corinthians para 2017

Sissoko é oferecido ao Corinthians para 2017

Foto: Divulgação/PSG

O Corinthians pode contratar o meio-campista francês Mohammed Sissoko, de 31 anos, para a temporada de 2017. De acordo com o portal Uol, o jogador, que também cidadania de Mali, foi oferecido à diretoria do Timão por meio de um empresário brasileiro.

A possibilidade de acertar com o veterano está sendo estudada pela alta cúpula do Corinthians. Na sequência, se for aprovada, será discutida com a comissão técnica.

Apesar de no ano passado ter atuado pelo modesto Pune City, da Índia, Sissoko acumula vasta experiência no futebol europeu: Auxerre (FRA), Valencia (ESP), Liverpool (ING), Juventus (ITA) e Paris Saint-Germain (FRA). Recentemente, também passou pelo chinês Shanghai Shenhua.

Sissoko foi apresentado ao Corinthians como um meio-campista versátil. Apesar de ter iniciado a carreira como atacante, se destacou no Velho Continente como meia e, nos últimos anos, vem atuando como volante.

Vale destacar, contudo, que o Corinthians já encaminhou a contratação de outros três jogadores para a posição: Paulo Roberto, Gabriel e Fellipe Bastos.

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Vitor Hugo publicou vídeo nesta quinta-feira

    Em rede social, Vitor Hugo publica vídeo com pedido de desculpas a Pablo; confira

    ver detalhes
  • Corinthians e Santos ainda não se enfrentaram em 2017

    FPF altera horário do clássico entre Corinthians e Santos na Arena

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto será afastado dos gramados e passará por avaliação na FPF

    Após assumir erro, árbitro de Dérbi é afastado e passa por avaliação na FPF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes