Camacho nega propostas para sair do Corinthians e opina sobre posição que prefere jogar

Camacho nega propostas para sair do Corinthians e opina sobre posição que prefere jogar

Por Meu Timão

Visando título do Paulistão, Camacho garante foco no Corinthians em 2017

Visando título do Paulistão, Camacho garante foco no Corinthians em 2017

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Com seu nome envolvido em especulações no final da última temporada, o volante Camacho assumiu comprometimento total com o Corinthians em 2017. O jogador garantiu que não foi procurado pelo Sport, como divulgado pela imprensa pernambucana, e que o seu foco para a nova temporada está no Timão, onde pretende conquistar a taça do Campeonato Paulista e cumprir o seu contratado válido até 2019.

“Recebi muitas perguntas sobre o Sport, muita gente me ligou e também vi na internet. Para mim não chegou nada, não tive nenhuma ligação do Corinthians sobre isso e nem do Sport. Meu foco está completamente no Corinthians, em ter um grande ano aqui”, comentou o volante em entrevista ao GloboEsporte.com.

Depois de um ano sem títulos em 2016 e fora da disputa da Libertadores da América deste ano, Camacho concorda que o título do Paulistão é algo a ser exigido pela torcida corinthiana – principalmente pelo baixo rendimento da equipe no último ano. Com isso, o volante projetou um primeiro semestre em 2017 com foco total na competição estadual.

“No primeiro semestre temos de ter um foco total no Paulistão. Teremos alguns jogos de Copa do Brasil, mas nosso foco nestes seis meses tem de ser completamente no Paulistão. Vamos lutar pelo título até o final. É um campeonato importante que pode dar confiança ao elenco, para chegarmos no Brasileirão com chance de fazermos um grande campeonato”, afirmou.

Sobre a chegada de reforços em seu setor, Camacho demonstrou estar animado. Segundo volante de origem, o jogador celebrou as possíveis chegadas dos atletas que atuam como primeiro volante no Corinthians: Gabriel e Paulo Roberto. Isso por que, no ano passado, teve que atuar na função, o que não é sua preferência nos gramados.

“Gabriel e Paulo Roberto são grandes jogadores, já demonstraram isso. Fui contratado para ser segundo volante, como joguei no Audax, mas deixei claro que jogaria como fosse preciso quando cheguei. Para mim não tem tanta diferença, mas me sinto melhor na frente. Eles vão ajudar o time, espero que se encaixem e eu fico na minha posição”, alegou.

“Todas as peças que chegaram vão agregar muito para a nossa equipe. Acho que tinham que chegar mesmo, gostei dos nomes. Espero que eles se entrosem o mais rápido possível para fazermos uma boa boa pré-temporada e darmos uma boa sequência”, completou.

Veja mais em: Camacho e Paulistão.

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fevereiro de 2015 e segue até 2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Votação do impeachment no Parque São Jorge

    Confira em tempo real a votação do impeachment de Roberto de Andrade

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes