Corinthians tem sete mudanças entre time que terminou 2016 e o primeiro esboço de 2017

Corinthians tem sete mudanças entre time que terminou 2016 e o primeiro esboço de 2017

119 mil visualizações 125 comentários Comunicar erro

Carille esboçou equipe no treino deste sábado

Carille esboçou equipe no treino deste sábado

Agência Corinthians

Na medida em que se aproximam as datas dos compromissos do Corinthians para a atual temporada, a expectativa da Fiel pela melhora da equipe também continua crescendo. Com sete contratações já confirmadas, embora nem todas elas já estejam trabalhando com o elenco, o Timão inicia sua trajetória na Florida Cup com novidades.

Pensando nas mudanças, o Meu Timão preparou uma comparação, evidenciando a equipe que foi a campo diante do Cruzeiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, sob o comando de Oswaldo de Oliveira. E, de outro lado, já sob o comando de Carille, a equipe que realizou o treinamento neste sábado, no CT Joaquim Grava.

É importante ressaltar que Fagner (lateral-direito), Rodriguinho (meia) e Marlone (meia) foram mantidos em suas posições e, consequentemente, na formação.

Confira as mudanças:

Walter x Cássio
Em recuperação de um edema ósseo, o goleiro Walter não participou da última atividade no CT Joaquim Grava antes da viagem aos Estados Unidos. Com a baixa, Cássio, que terminou a temporada de 2016 como suplente, assumiu a posição imediatamente.

Vilson x Pedro Henrique
Por opção técnica de Fábio Carille, Vilson foi deslocado para a equipe reserva durante a atividade e deve iniciar a temporada como opção. Já o jovem Pedro Henrique, apontado com um potencial de evolução significativo e que ficou no banco em Belo Horizonte, contou com o voto de confiança do novo comandante.

Uendel x Moisés
A escolha pela entrada de Moisés, ao contrário das demais, não pode ser levada pelo fator técnico, embora o jogador – que retornou de empréstimo do Bahia – já foi muito elogiado por Carille e ganhou o aval de permanência no elenco. Sem Uendel (negociado com o Internacional) e Guilherme Arana (que serve a Seleção Brasileira Sub-20), Moisés assumiu a vaga de lateral-esquerdo.

Cristian x Gabriel
Uma das posições mais questionadas pela Fiel ao término da temporada de 2019 foi a de volante. Sem um nome fixo após as vendas de Bruno Henrique e Elias, o setor era um dos pontos fracos da equipe, que sequer conseguiu vaga para a Libertadores. Anunciado como reforço na última semana, o volante Gabriel chegou com moral e assumiu a vaga, deixando Cristian, titular no Mineirão, na equipe reserva do coletivo.

Camacho x Giovanni Augusto
Titular contra os mineiros na última rodada do Campeonato Brasileiro em 2016, Camacho teve sua função modificada. Antes atuando como segundo volante e apoiando os meias, o jogador agora dá lugar a Giovanni Augusto, que passa a ocupa o lado direito do campo no sistema 4-1-4-1 de Carille, à frente de Fagner.

Romero x Camacho
Conforme já informado, Camacho, em virtude das instruções de Carille, passa a atuar como um meia de criação, mais pelo meio. Com isso, Romero – que estava atuando pelo lado direito -, foi sacado da equipe e treinou entre os reservas, enquanto Camacho assumiu a vaga.

Guilherme x Jô
A última mudança se deve à entrada de Jô, uma das contratações para a atual temporada. Escolhido para fazer a função de pivô e ser a peça mais adiantada do sistema tático, Jô deixa Guilherme na reserva. O camisa 10, muito utilizado ao longo de 2016 de maneira improvisada na frente, agora volta a lutar por um lugar em seu setor de origem.

Veja mais em: Mercado da bola e Escalação do Corinthians.

Veja Mais:

  • Tem clássico! Timão e São Paulo decidem na terça vaga à semifinal da Copa RS

    Corinthians faz clássico contra São Paulo nas quartas da Copa RS

    ver detalhes
  • Rosenberg chamou Leila Pereira de 'imperadora' do Palmeiras e ironizou Allianz: 'Pneu deitado'

    Diretor do Corinthians ironiza Palmeiras e diz que 'Fiel não aceitaria imperadora'

    ver detalhes
  • Corinthians e Internacional se enfrentaram pela liderança do Grupo B da Copa RS

    Corinthians vai bem, mas cede empate para Internacional e deixa escapar liderança na Copa RS

    ver detalhes
  • 'Não sei por que fazem tanto romance em torno disso', declarou Rosenberg sobre dívida pela Arena

    Rosenberg atualiza dívida do Corinthians pela Arena: 'Na pior das hipóteses, deve R$ 650 milhões'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes