Carille lamenta curto período de preparação, admite 'desafio maior' e sonha com títulos

Carille lamenta curto período de preparação, admite 'desafio maior' e sonha com títulos

Carille quer aproveitar Florida Cup para definir plano de jogo e peças do Corinthians para 2017

Carille quer aproveitar Florida Cup para definir plano de jogo e peças do Corinthians para 2017

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

Substituto de Oswaldo de Oliveira, Fábio Carille faz nesta quarta-feira, diante do Vasco da Gama, sua estreia não só como técnico do Corinthians mas como técnico de futebol. Após oito anos como auxiliar, o ex-braço direito de Tite montou sua comissão e agora tem pela frente um novo Timão. É o que ele mesmo pretende implantar, apesar do curto tempo para treinamentos.

“Preparação para que dia 5 estejamos com as coisas bem definidas. Quero voltar para São Paulo com algumas questões que serão trabalhadas, para que já cheguemos a 15 dias da nossa estreia com algumas coisas bem definidas. E assim começar a trabalhar a equipe titular”, disse Carille em entrevista coletiva nesta terça, véspera do confronto pela Florida Cup.

O maior desafio é fazer essa equipe ter entrosamento e ter entendimento daquilo que pensamos sobre futebol. Está sendo muito positivo, muito positivo mesmo, estou muito contente com o que está acontecendo e tenho certeza que a resposta vai ser mais rápida do que eu imaginava”, acrescentou o técnico alvinegro.

Carille chegou a comandar o Corinthians em dois períodos em 2016, justamente após as saídas de Tite e Cristóvão Borges. Questionado se o desafio desta vez seria maior, o novo professor do Timão foi sincero. “Sim, porque agora você participa de pré-temporada, fica tudo à sua frente. As vezes que eu assumi foram no meio de uma competição e que você não tem tempo de fazer um treinamento. Estamos com um período legal para trabalhar pro início do Campeonato Paulista”.

O elenco corinthiano desembarcou em Orlando, nos Estados Unidos, na manhã de segunda-feira. Como jogadores e profissionais do clube só voltaram aos trabalhos no dia 11 de janeiro e, portanto, não houve tempo hábil de preparação, o treinador optará por duas escalações contra o Vasco, em duelo marcado para as 22h (de Brasília), válido pelas semifinais da Florida Cup Playoff.

“Maior preocupação é tempo de preparação, precisava ser maior, vão ser cinco trabalhos com bola para fazer um jogo. Por isso o cuidado para que cada time faça 45 minutos, para não perdemos ninguém nessa etapa da preparação”, explicou o técnico, que não esconde seus sonhos para 2017.

Sonhando com títulos, com vaga na Libertadores de 2018, mas em curto período a ideia é fazer ter uma ideia bem definida de jogo e que estejam remando para o mesmo lado”, finalizou.

Veja mais em: Fábio Carille e Florida Cup.

Veja Mais:

  • Depois de quase deixar o Timão no início do ano, Rodriguinho não pensa em sair

    Rodriguinho 'esquece' Europa e evita pensar em Seleção: 'Outros estão na minha frente'

    ver detalhes
  • Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    ver detalhes
  • Nesta quarta-feira, o Timãozinho perdeu o Dérbi por 1 a 0

    Corinthians é superado na Arena e decide título da Copa do Brasil Sub-17 fora de casa

    ver detalhes
  • Os dois únicos tricampeões pelo Corinthians

    VÍDEO: Os dois únicos tricampeões pelo Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes