Sistema defensivo é destaque no início de trabalho de Carille: 360 minutos e só um gol sofrido

Sistema defensivo é destaque no início de trabalho de Carille: 360 minutos e só um gol sofrido

3.2 mil visualizações 50 comentários Comunicar erro

Corinthians levou apenas um gol em 360 minutos nesta temporada

Corinthians levou apenas um gol em 360 minutos nesta temporada

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

É cedo para falar que a consistência defensiva que marcou as passagens vitoriosas de Mano Menezes e Tite está de volta, mas o início de trabalho de Fábio Carille no Corinthians traz um otimismo em relação a isso. Os números, ao menos, comprovam.

Após quatro jogos, diante de Vasco, São Paulo, Ferroviária e São Bento, a equipe sofreu pouco atrás e levou apenas um gol nesses 360 minutos. Gol esse, aliás, tomado ainda no primeiro tempo do primeiro duelo, após um chute fora da área, de rara felicidade do vascaíno Éder Luiz.

Após aquele triunfo do Timão sobre a equipe carioca, por 4 a 1, na Florida Cup, a equipe de Carille empatou sem gols com o rival do Morumbi pelo mesmo torneio nos EUA, venceu o amistoso diante da Ferroviária na Arena, por 1 a 0, e voltou a ganhar pelo placar mínimo na estreia do Paulistão, em Sorocaba. Já são 336 minutos sem ser vazado.

Carille nunca escondeu que as escolas de Mano e Tite são referências. E ambos sempre pregaram que, antes de querer brilhar na frente e tentar ter um superataque, é preciso ter uma defesa sólida, que aproxime a equipe da vitória. Mesmo que essa vitória seja pelo placar mínimo. Após o amistoso na Arena, o treinador foi claro ao comentar sobre essa meta inicial à frente da equipe do Corinthians.

"Minha ideia é obter uma consistência defensiva, depois melhorar a parte ofensiva", afirmou o treinador, que voltou a falar em melhora por estágios após o triunfo em Sorocaba neste sábado.

"Nesse início, vai ser difícil de encantar, um grupo novo, jogadores chegando, a importância de trabalhar em cima de vitórias é fundamental. Não pode achar que porque ganhou está tudo bom, tem erros que vamos corrigir, mas com as vitórias é mais fácil. Com a vontade e determinação destes jogadores, e aos poucos jogando melhor, a torcida vai vir com a gente e vamos ficar mais fortes", ressaltou o comandante.

Veja mais em: Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Pepe rescindiu o contrato na Turquia e está livre no mercado

    Zagueiro Pepe rescinde contrato na Turquia e Fiel faz 'campanha' por negócio com o Corinthians

    ver detalhes
  • Denilson alertou para a necessidade de reforçar plantel de Carille para 2019

    Pentacampeão do mundo fala de aumento da responsabilidade de Carille e alerta: 'Não adianta só ele'

    ver detalhes
  • Corinthians tem compromisso importante ainda em 2018 para tentar classificação na Superliga

    Duelo pela Superliga e amistoso de futebol americano marcam últimos compromissos do Timão no ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes