Após acordo com agência argentina, Corinthians aumenta arrecadação com licenciamento

9.4 mil visualizações 39 comentários

Por Meu Timão

Gustavo (à esq.) e Dinei prestigiam evento do Timão e da New Era

Gustavo (à esq.) e Dinei prestigiam evento do Timão e da New Era

Vinícius Souza/Meu Timão

O Corinthians aumentou em 67% sua arrecadação com produtos licenciados desde o início da gestão do presidente Roberto de Andrade, em fevereiro de 2015. O número expressivo, levantado pelo Uol Esporte, é resultado da parceria do Timão fechada a agência de origem argentina Proenter.

Corinthians e Proenter assinaram contrato justamente no começo da era Andrade. O clube alvinegro repassou o controle de todos os produtos licenciados, algo que demandava grande esforço do departamento de marketing, à agência, uma terceirizada. A partir do negócio, o Timão viu a receita com tal segmento crescer mais de 60%, de R$ 2,9 milhões para R$ 4,8 milhões.

A Proenter é especializada no ramo de licenciamento e fechou com o Corinthians depois de vencer uma concorrência com outras duas empresas. A companhia, que havia comandado a área do Boca Juniors, da Argentina, passou a trabalhar de forma exclusiva com o Timão. Ela possui direito a comissão dos negócios, todos regulamentados pela Associação Brasileira de Licenciamentos.

“Estivemos nas principais feiras de licenciamento do mundo, incluindo Las Vegas. Criamos um manual de identidade visual moderno que poucos times no mundo possuem, inspirado na Juventus, e realizamos o primeiro Licensing Day no Corinthians, um evento que reuniu os principais licenciados”, explicou Gustavo Herbetta, ex-superintendente de marketing do Corinthians, ao portal.

“Também iniciamos um trabalho parecido com o que os grandes clubes europeus fazem, de segmentar as principais categorias de licenciamento com parceiros exclusivos, e divulgarmos os produtos em parceria, como se fossem patrocinadores do clube. Fizemos alguns pilotos desses com o nosso parceiro de mochilas, chinelos, games, roupas para bebê”, concluiu.

Ainda segundo o site, o Corinthians possui hoje, ao todo, 140 parceiros no segmento. 24 deles chegaram a partir da Proenter, enquanto 19 renovaram com o clube por quantias superiores durante os oito meses de trabalho da agência.

Embora a direção corinthiana tenha aumentado seu faturamento com licenciamento o terceirizando, o mesmo não se pode dizer do contrato de patrocínio firmado com a Apollo Sports. A empresa, que estamparia suas marcas às costas da camisa alvinegra, rediscute o vínculo firmado no ano passado.

Veja mais em: Ações de marketing.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez teve mais uma notícia ruim na noite desta segunda-feira

    Conselho de Orientação do Corinthians também sugere reprovação de contas de 2019

    ver detalhes
  • Corinthians pode devolver Yony González e economizar quase R$ 20 milhões

    [Marco Bello] Corinthians pode devolver Yony González e economizar quase R$ 20 milhões

    ver detalhes
  • Cantillo foi um dos destaques do Corinthians no início da temporada

    Cantillo apresenta sintomas de Covid-19 e pode desfalcar Corinthians em Dérbi

    ver detalhes
  • As três opções de escalação para posição problemática no Corinthians de Tiago Nunes

    VÍDEO: As três opções de escalação para posição problemática no Corinthians de Tiago Nunes

    ver detalhes
  • Atacante Jô pode reestrear pelo Corinthians na retomada do Campeonato Paulista

    CBF define janelas internacionais, e Jô pode reestrear pelo Corinthians contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Equipe Sub-23 do Corinthians ganhará atenção especial de Tiago Nunes em 2020

    Corinthians volta a renovar contrato de dupla do Sub-23 em meio à paralisação da base

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: