Marlone revela que jogou duelo da Copa-BR no sacrifício: 'Tomei injeção e fui pro jogo'

Marlone revela que jogou duelo da Copa-BR no sacrifício: 'Tomei injeção e fui pro jogo'

3.0 mil visualizações 53 comentários Comunicar erro

Marlone contou que encarou Caldense horas depois de travar a coluna

Marlone contou que encarou Caldense horas depois de travar a coluna

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

O meia Marlone revelou nesta noite de quarta-feira que enfrentou a Caldense, há uma semana, pela primeira fase da Copa do Brasil, no sacrifício. Titular na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio Novorizontino, o jogador contou o fato ao explicar a possível razão de ter sido substituído pelo atacante Léo Jabá, aos 18 minutos do segundo tempo.

“Foram três, quatro horas de ônibus até Poços de Caldas, você vai sentado ali na poltrona. E na véspera do jogo, no aquecimento, fazendo um movimento, minha coluna travou, o músculo colateral em cima da costela. Eu tomei injeção e fui pro jogo (contra a Caldense), fiz até uma boa partida e acabou sobrecarregando o adutor. Graças a Deus não abriu”, relatou Marlone, que chegou a sentir os efeitos da lesão na derrota para o Santo André, sábado, em Itaquera.

“Contra o Santo André, o adutor estava até um pouco pesado, mas eu também fui porque me senti bem, tomei uma injeção e fui. Hoje estava bem mais leve, tratei, o pessoal da fisioterapia do Corinthians me ajudou muito. O professor Carille sabia disso também, soube do adutor meio pesado e deve ter sentido isso pra me poupar também, foi nem questão de eu pedir”, continuou.

Fato é que Marlone teve atuação discreta no triunfo sobre o Novorizontino. Posicionado à esquerda do ataque corinthiano, não conseguiu dar andamento às jogadas ofensivas e pouco criou para Jô, referência da equipe. O gol da vitória foi marcado pelo zagueiro Pablo, de cabeça, após cruzamento de Fagner.

“Contra o Santo André eu pedi (pra sair), acho que vocês (imprensa) viram. Muitas coisas acontecem e ficam nos bastidores. Eu já tive que entrar dentro de campo com a minha filha no hospital de madrugada, minha esposa com suspeita de meningite... Tem muita coisa que a torcida não sabe, mas que às vezes tem que entrar de campo e realmente tem que dar o sangue e honrar a camisa. Foi mais uma opção dele para me poupar e me senti bem", sintetizou.

O camisa 8 tem grandes chances de permanecer no time diante do Osasco Audax, no próximo sábado, às 17h (de Brasília), em Osasco, pelo Paulistão. Até lá, ele entende que estará 100% fisicamente. “Com certeza, hoje me senti bem mais leve em jogadas individuais, estava partindo para cima do marcador e creio que até o jogo do Audax já estou bem mais solto pra tentar evoluir a cada dia”, finalizou.

Confira os próximos jogos do Timão

18 Fev, Sáb, 17h00 - Audax x Corinthians
22 Fev, Qua, 21h45 - Corinthians x Palmeiras
25 Fev, Sáb, 19h30 - Mirassol x Corinthians
05 Mar, Dom, 16h00 - Corinthians x Santos
12 Mar, Dom, 16h00 - Ponte Preta x Corinthians
19 Mar, Dom, 16h00 - Ferroviária x Corinthians
22 Mar, Qua, 21h50 - Corinthians x Red Bull Brasil
26 Mar, Dom, 16h00 - São Paulo x Corinthians
29 Mar, Qua, 21h50 - Corinthians x Linense

Veja mais em: Copa do Brasil, Paulistão e Marlone.

Veja Mais:

  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro foi peça importantes nos últimos títulos do Grêmio

    Pai de Ramiro revela conversas adiantadas com o Corinthians e fala em acerto ainda nesta semana

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes
  • Meio campista está bem perto de se tornar novo reforço do Corinthians

    Diretor do Fluminense confirma 'sim' de M. Gabriel e Corinthians se aproxima de acerto por Sornoza

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes