Esposa descreve sensação ao ver Jô decidir clássico e revela promessa do marido

Esposa descreve sensação ao ver Jô decidir clássico e revela promessa do marido

Por Meu Timão

6.5 mil visualizações 50 comentários Comunicar erro

Jô renovou os votos de casamento no fim do ano passado

Jô renovou os votos de casamento no fim do ano passado

Foto: Reprodução/Instagram

Se Jô decidiu o Dérbi da última quarta-feira a favor do Corinthians, Claudia Silva tem muita participação nisso. O atacante do Timão e Claudinha, como é chamada por amigos próximos, vivem juntos há cerca de dez anos. Ela foi à Arena Corinthians no clássico contra o Palmeiras e, do setor Oeste, chegou a insistir para que o técnico Fábio Carille colocasse o marido em campo.

“Foi muito forte aquele momento. Ele disse que, do banco, só pedia a Deus uma oportunidade para entrar. Antes de começar o jogo, eu estava no culto. Saí correndo para me arrumar. O Jô me disse: 'Vida, hoje começa a mudança na minha vida profissional'. Ele falou tão convicto... Como estava no banco, comecei a gritar que o amava e pedi para ele entrar. Ele só ria. O treinador me ouviu. Eu não conseguia parar de chorar depois do gol”, afirmou Claudia ao site Globoesporte.com.

A promessa feita por Jô está relacionada a problemas de um passado recente. Em 2014, o casal passou por momentos conturbados e até chegou a romper por pouco tempo, tudo por causa do comportamento baladeiro do jogador. Segundo sua esposa, que jamais havia ganhado uma camiseta do marido, ele se perdeu por conta do álcool e de mulheres.

Leia mais: Hoje no Corinthians, Jô desabafa: 'Poderia estar morto por dirigir bêbado diversas vezes'

“Nunca tive uma camisa dele. Antes, via até algumas mulheres com a camisa dele. Nesta semana, estava falando com ele sobre camisa. Eu disse que não tinha nenhuma. Ele se calou, não gosta de falar sobre o passado. Fiquei muito feliz que ele me deu. Eu quero suja. Falei para a empregada não lavar. Vou botar em um quadro no meu quarto”, avisou Claudia, que logo abriu o jogo sobre as dificuldades superadas por Jô e, principalmente, por ela.

“Ele se deslumbrou muito com o glamour. Mulherada toda em cima. O ponto fraco dele era a bebida, que o tirou do foco. Também começaram as traições comigo e a falta de rendimento no profissional. Estávamos perto do divórcio. Estava cansada. Foi um casamento cheio de traições e perseguições. Meu marido viveu momentos grandiosos dentro de campo, foi artilheiro da Libertadores, jogou Copa... Mas ele não foi um grande homem, não era pai de família. Hoje, ele voltou a ser o mesmo homem do começo: passivo, calmo, sempre atencioso. Falo todas essas coisas para as mulheres terem força de não abandonar suas famílias”.

Antes de deixar o gramado da Arena Corinthians e seguir para o vestiário, Jô foi até a arquibancada e entregou sua camisa a sua mulher. Questionado sobre como comemoraria a vitória no clássico, foi sincero. “Se fosse antes, eu iria comemorar. Como... Aí já não sabia como seria (risos). Hoje, eu sei como começa e como termina. Em casa, com a família e com o filho maravilhoso. Certeza que antigamente eu não teria essa capacidade psicológica para sair do banco e ter essa frieza que eu tive para fazer o gol e dedicar primeiramente para Deus e depois para minha esposa”, celebrou.

Veja mais em: e Derbi.

Veja Mais:

  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • A Fiel levou bom público à Arena Corinthians neste sábado, contra o Grêmio

    Corinthians anuncia promoção para jogo em dia do aniversário do clube; venda começa segunda-feira

    ver detalhes
  • Mesmo diante de sua torcida, o Corinthians foi amplamente dominado pelo Grêmio

    Corinthians fecha primeiro turno com mesma pontuação conquistada em ano do rebaixamento

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu do Grêmio, o primeiro revés em casa neste Brasileirão

    Corinthians perde a primeira na Arena no Brasileiro 2018; foi o primeiro revés para gaúchos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes