'Menino' do Brusque, Carlos Alberto reencontra Corinthians e revela gratidão

6.8 mil visualizações 28 comentários

Por Meu Timão

Carlos Alberto, durante alongamento em hotel antes do clássico contra o Santos pelo Paulistão 2008

Carlos Alberto, durante alongamento em hotel antes do clássico contra o Santos pelo Paulistão 2008

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

Além do volante Boquita e do técnico Pingo, o Corinthians reencontrará outro velho conhecido nesta quarta-feira: o lateral-esquerdo Carlos Alberto, que defendeu a equipe paulista entre 2007 e 2008. Conhecido por ter adulterado sua idade, se tornando assim um dos “gatos” mais famosos da história do futebol brasileiro, o jogador, hoje com 39 anos, lembra com carinho do período que passou no Parque São Jorge.

“Lembro que quando eu era novo, eu via muito Corinthians jogar, mas era mais pela televisão. Depois fui para o Figueirense, ai teve aquele problema comigo e o Corinthians me contratou. Agradeço muito o Corinthians...e lá eu joguei, viu? Tinha muito cara bom”, disse Carlos Alberto em entrevista ao site Globoesporte.com.

O “gato” de Carlos Alberto foi descoberto em 2006. Os registros falsos apresentados pelo atleta diziam que ele havia nascido em 24 de janeiro de 1983. A certidão de nascimento do lateral, contudo, datava de 24 de janeiro de 1978, ou seja, cinco anos antes. O caso veio à tona em novembro daquele ano, quando o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu pelo afastamento de Carlos Alberto por um ano.

“Não vou me esquecer nunca. Vou levar para o resto da minha vida o que o Corinthians fez por mim. Depois de tudo o que aconteceu comigo, um time grande me contratar... Eles sabiam que eu tinha gás para queimar e eles me contrataram. Só tenho a agradecer, sou muito grato, a torcida sempre me apoiou o tempo todo e eu tentei honrar a camisa”.

A situação de Carlos Alberto não impediu que o Corinthians o procurasse em 2007. A diretoria, aliás, o contratou e logo entrou com um pedido no STJD para que a pena fosse revertida, possibilidade prontamente aceita pelo órgão em maio. O lateral, então, teve de entregar 100 cestas básicas para poder entrar em campo. Hoje, quase dez anos depois, ele lamenta o ocorrido.

“Foi tudo muito complicado, eu moro no Rio, era do 'interiorzinho', minha família é humilde e eu trabalhava e jogava bola. Apareceu um cara e disse que poderia fazer aquilo para mim. Assim, eu não esperava que ia dar esse negócio todo. Eu me arrependi, pedi desculpas, o cara fez aquilo... Eu não sabia que ia dar aquilo tudo. Deus me abençoou, paguei a minha pena, cumpri e o Corinthians me ajudou. O Figueirense me ajudou bastante também, hoje agradeço a Deus e a minha família, minha esposa, a família no Rio também. Eu só agradeço por poder aos 39 anos poder estar jogando”, comemorou.

Provável titular do Brusque que enfrenta o Timão pela Copa do Brasil, o lateral, que atuando como volante, se orgulha de ter dividido o campo com – como ele define – “feras”. “Em 2008, só tinha cara fera, o Acosta, o Herrera, o Dentinho, o Jô, o André Santos...tinha uma turma muito boa. Joguei bastante, disputamos a Série B, fomos campeões e também teve a Copa do Brasil, que deixei até meus golzinhos”, acrescentou.

Questionado se pensa em pendurar as chuteiras em breve, “Carlos Alberto gato”, apelido que recebeu ao longo da carreira, é sincero e diz estar aberto a eventuais ofertas. “Estou com 39 anos, o corpinho está em dia e se o telefone tocar, a gente atende”, concluiu, em tom bem-humorado.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Paulo Roberto atuou em 27 jogos pelo Corinthians, marcou um gol e ganhou dois títulos (Paulista e Brasileiro 2017)

    Paulo Roberto entra na Justiça contra o Corinthians e pede R$ 1,2 milhão

    ver detalhes
  • Mateus Vital, Janderson e Davó são três dos quatro atacantes de lado de campo; trio de jovens se junta a Everaldo na opção de velocidade pela beirada

    Corinthians terá cinco opções de lado de campo com saída de dupla; quatro têm menos de 23 anos

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta Palmeiras na próxima quarta-feira, às 21h30

    Duelo entre Corinthians e Palmeiras pelo Paulistão tem horário definido; veja detalhes

    ver detalhes
  • Yony González deixou o Corinthians com apenas quatro jogos; colombiano é o 22º contratado do clube na década que não atingiu as dez partidas

    Yony González é o 12º contratado do Corinthians a não fazer nem cinco jogos na década; veja lista

    ver detalhes
  • Em meio ao caos, um acerto da diretoria do Corinthians

    [Giovana Duarte] Em meio ao caos, um acerto da diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    VÍDEO: Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: