Carille analisa classificação e vê lado positivo dos erros em Brusque

Carille analisa classificação e vê lado positivo dos erros em Brusque

3.9 mil visualizações 107 comentários Comunicar erro

Fábio Carille analisou a vitória nas cobranças de pênalti fora de casa

Fábio Carille analisou a vitória nas cobranças de pênalti fora de casa

Reprodução/TV

Certamente o jogo em que Fábio Carille mais enfrentou dificuldades desde que assumiu o comando técnico da equipe. A partida contra o Brusque na noite desta quarta-feira marcou um compromisso atípico na temporada do Corinthians. Entretanto, apesar dos diversos empecilhos e a vitória por 5 a 4 nas cobranças de pênalti, o duelo serviu como aprendizado para a equipe, conforme garante o comandante alvinegro.

"Não precisava ser tão sofrido, mas o jogo foi assim. O adversário conseguiu nos envolver no primeiro tempo e no segundo tempo fomos muito abaixo. Sabíamos o viria pela frente, não temos que ficar lamentando agora. O gramado dava para jogar e até treinamos antes para isso", declarou o treinador ao final da partida.

Ciente de que o Timão esteve longe de apresentar um futebol envolvente, Carille destacou a eficiência do setor defensivo. "Tem jogos que são assim, ainda bem que a linha de foi consistente, o que é importante para não tomar gol. Mas a lição é que a gente tem que entrar mais concentrado. Foi abaixo, faz parte, mas ainda bem que agente passou", acrescentou.

Questionado sobre o início ruim na disputa por pênaltis - tendo em vista que Jadson abriu a sequência corinthiana e desperdiçou sua chance -, o treinador não escondeu a preocupação. Definindo a classificação ao 'estilo Corinthians', Carille festejou o resultado positivo após enorme tensão na área técnica.

"É ainda mais preocupante quando o adversário bate o primeiro e faz. Nós batemos o primeiro e não fizemos. É bem coisa de Corinthians essas coisas, o travessão deve estar balançando até agora (risos)", complementou.

Por fim, com o objetivo de sempre melhorar e atingir patamares maiores no cargo, o treinador corinthiano ressaltou a experiência como um alerta para a sequência dos jogos. "Desclassificação não é boa nunca, mas a gente tem tá preparado pra tudo. Agora é procurar ser melhor ser melhor hoje que ontem, hoje é um aprendizado pra gente não cometa os erros que cometeu hoje", finalizou.

O Corinthians volta a campo no sábado, às 18h30, quando recebe o Santos em Itaquera pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Somando 15 pontos, o Timão lidera o Grupo A, sustentando também a melhor campanha geral do torneio estadual.

Veja mais em: Fábio Carille e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: veja quem chega e quem sai do clube para 2019

    ver detalhes
  • Sergio Díaz é bem cotado no Corinthians para 2019

    Corinthians confia em boom de Sergio Díaz e já projeta mantê-lo; veja operação financeira

    ver detalhes
  • Corinthians pode perder Romero de graça para o Internacional em 2019

    Ainda sem acordo por renovação no Timão, Romero negocia pré-contrato com o Internacional

    ver detalhes
  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes