Kazim deixa Arena com gelo na perna e será avaliado por médicos do Corinthians

Kazim deixa Arena com gelo na perna e será avaliado por médicos do Corinthians

Por Meu Timão

2.2 mil visualizações 81 comentários Comunicar erro

Kazim durante partida contra o Luverdense, na Arena

Kazim durante partida contra o Luverdense, na Arena

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians pode perder o atacante Kazim para a partida do próximo domingo, contra a Ferroviária, em Araraquara, pelo Campeonato Paulista. Isso porque o inglês naturalizado turco deixou a Arena, na noite desta quinta-feira, com uma compressa de gelo na perna.

Kazim entrou em campo na partida desta noite, diante do Luverdense, já no segundo tempo. Foi o suficiente, porém, para o atacante sentir dores na perna e passar os últimos minutos do jogo mancando de um lado a outro do gramado.

A tendência é o atleta ser avaliado pelos médicos do clube nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. Dependendo do diagnóstico, Kazim pode ficar fora da viagem de domingo ao interior de São Paulo, onde o Timão enfrenta a Ferroviária, pelo Estadual.

Vale lembrar que Kazim já foi desfalque do Corinthians no início de fevereiro por razões médicas. Na ocasião, o atacante sofreu uma lesão muscular na coxa direita.

Veja mais em: Kazim.

Veja Mais:

  • Contratação de Ramiro foi aprovada pela torcida do Corinthians

    Torcida do Corinthians aprova contratação de Ramiro em enquete avassaladora

    ver detalhes
  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes