Horário faz torcedora perder primeiro jogo na Arena Corinthians desde 2014: 'Frustrante'

Horário faz torcedora perder primeiro jogo na Arena Corinthians desde 2014: 'Frustrante'

5.7 mil visualizações 81 comentários Comunicar erro

Torcedora perderá o primeiro após 93 jogos

Torcedora perderá o primeiro após 93 jogos

Arquivo pessoal

A Arena Corinthians foi inaugurada em maio de 2014. De lá para cá, o Timão atuou nada menos do que 93 vezes. Quase três anos depois, poucos torcedores alvinegros podem se vangloriar de jamais ter perdido um jogo em Itaquera. Pâmella Luna, de 27 anos, moradora da zona sul da capital paulista, era uma delas.

Sim, era. A partir desta quinta-feira, a "invencibilidade" da corintiana cairá por terra. E o culpado é o horário inusitado do duelo com o Red Bull: 17h. Marcado pela Federação Paulista de Futebol, com anuência do próprio clube devido ao jogo da Seleção, o confronto com a equipe de Campinas será o primeiro que Pâmella Luna não terá chance de ir. Lamentação e frustração.

"Eu vou na Arena antes mesmo do primeiro jogo oficial, que foi naquele amistoso Corinthians contra Corinthians, com os ex-jogadores. Fui desde aquele primeiro evento até o último jogo (contra o Luverdense). Por causa do meu trabalho (consultora corporativa, home office) não terei como ir. Ficarei liberada apenas às 18h. Não tem outro jeito, pela primeira vez, perderei um jogo lá. É bastante frustrante. Como eu tenho o Pay-Per-View, que paguei para o meu pai (Seu Elias) acompanhar os jogos, ficarei de olho no trabalho e na TV, não tem outro jeito", afirmou a torcedora em conversa com o Meu Timão, que ainda garantiu que a empresa responsável pelo Fiel Torcedor (Omni) não deu opção de reembolso ou troca por outro jogo.

Pâmella foi em todos os jogos da Arena Corinthians até hoje

Pâmella foi em todos os jogos da Arena Corinthians até hoje

Arquivo Pessoal

A chateação da torcedora aumenta quando a mesma lembra do que já fez para não perder jogo do Corinthians em Itaquera desde a inauguração do estádio em 2014. Nem mesmo a necessidade de viajar mais de seis horas de ônibus tinha sido obstáculo.

"Já peguei jogos na Arena em diversos horários, até 22h eu não perdi. E olha que tive já de sair um pouco antes de acabar quando era esse horário (agora alterado para 21h45) para chegar a tempo de pegar o metrô. Eu já até vim do interior para não perder jogo. Saí de São José do Rio Preto (localizada a 447km da capital paulista) às 7h, cheguei à tarde, acompanhei o jogo contra o Nacional (do Uruguai, pela Libertadores, no ano passado) e peguei o ônibus da meia-noite, que é o último, para voltar a Rio Preto", lembrou.

A possibilidade de ver o jovem Pedrinho, de apenas 18 anos, fazer seu primeiro jogo no time profissional como titular é outro motivo que chateia a torcedora fanática.

"Mas hoje não terá jeito, estou completamente frustrada, queria muito ver o Pedrinho no time profissional pela primeira vez no estádio", finalizou Pâmella Luna.

Sem a torcedora nas arquibancadas, o Corinthians recebe o Red Bull Brasil nesta quinta-feira, às 17h, pelo Campeonato Paulista.

Veja mais em: Arena Corinthians e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Henrique marcou primeiro gol oficial do Corinthians na temporada de 2019

    Henrique faz no fim, Corinthians empata com São Caetano e deixa impressão positiva para o Paulistão

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor de futebol, falou em nome da diretoria na Arena Corinthians

    Luan, Love, Arana, Romero e Ramires: diretor do Corinthians atualiza negociações

    ver detalhes
  • Melhor corinthiano em campo, Fagner foi também o capitão do Timão neste domingo

    Abismo entre laterais do Corinthians é destacado por torcedores após empate com São Caetano

    ver detalhes
  • Escalação do Corinthians será repetida na segunda rodada do Paulistão

    Carille é questionado sobre Boselli e já confirma escalação do Corinthians para o próximo jogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes